Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Bolsonaro na maçonaria: vídeo viraliza e presidente é alvo de críticas

Publicado

em

Bolsonaro é flagrado em discurso na maçonaria e levanta polêmica entre evangélicos.
Bolsonaro é flagrado em discurso na maçonaria e levanta polêmica entre evangélicos - Imagem/Reprodução

Um vídeo em que Jair Bolsonaro (PL) discursa pedindo votos ao microfone de uma sessão da maçonaria está viralizando nas redes sociais nesta terça-feira (04/10).

Não se sabe ao certo a data da gravação, mas ele não é atual. Provavelmente foi antes da eleição de 2018, já que ele diz que começou a rodar o país há cerca de dois anos e meio e que não era candidato a nenhum cargo político.

O vídeo tem cerca de dois minutos em que o presidente Bolsonaro discursa em uma loja da Maçonaria. O assunto entrou na lista dos assuntos mais comentados do Twitter na manhã desta terça. As imagens foram extraídas de um vídeo mais longo, que já havia sido publicado em 2017, antes mesmo de Bolsonaro assumir sua candidatura ao Planalto.

Durante sua fala, ele diz não ser “candidato a nada”, alerta para um “perigo ideológico” e afirma que é preciso “fugir da política tradicional”. Nas redes sociais, as imagens têm sido usadas por opositores para aumentar a rejeição do presidente em um dos segmentos mais fortes de seu eleitorado, os evangélicos.

“Não estou candidato a nada. A dois anos atrás, resolvi andar pelo Brasil. Sair da zona de conforto que é um mandato parlamentar. É quase como estar no paraíso para quem não tem responsabilidade. Busquei as regiões, fui atrás de problemas e como resolvê-los sem dinheiro. Onde é que o calo aperta para nós brasileiros, quais são os grandes problemas temos que enfrentar”, diz o presidente.

Com críticas aos governos petistas, sem citar nominalmente o partido ou os ex-presidentes, Bolsonaro também coloca como alvo, inclusive, o Poder Legislativo:

“Nos últimos 30 anos, lamentavelmente, o Poder Executivo e o Legislativo aperfeiçoou-se em criar problemas pra vender facilidades. Não precisa entrar em detalhes”, completa o presidente que, na versão mais longa do conteúdo, alerta para um “perigo ideológico” para o país e diz que é preciso “fugir da política tradicional”, antes de dizer que “o inimigo vermelho está à espreita”

As imagens de Bolsonaro na maçonaria estão sendo divulgadas na internet e divide opiniões, entre quem concorda que não é um risco ele ser ligado ao grupo, e outros que admitiram que o fato poderá afastar alguns evangélicos mais tradicionais.

O resultado só saberemos após as eleições, isso é fato. Assista abaixo o registro do momento:







+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página