Cabo Daciolo bate-boca e diz que Marco Feliciano tem pomba-gira

Ontem (17), Cabo Daciolo (PATRIOTA) e Marco Feliciano (PSC) protagonizaram uma briga dentro da Câmara de Deputados em Brasília (DF).

Cabo Daciolo e Marco Feliciano batem boca na Câmara dos Deputados.
Cabo Daciolo e Marco Feliciano batem boca na Câmara dos Deputados.

Os dois se encontraram pela primeira vez após o 1º turno das eleições, onde Cabo Daciolo, que disputou como candidato à presidência da república, afirmou que Marco Feliciano era ligado à maçonaria, e acabou gerando entre os evangélicos uma certa desconfiança. Eles ficaram frente a frente nas últimas fileiras da Câmara, onde se confrontaram.

Começou com Marco Feliciano instigando Daciolo: “O mesmo Deus que falou que ele ia ser presidente da República disse a ele que eu sou maçom. Estou pedindo pra ele provar. Ele é tão menino, é tão calça curta que não presta nem para conversar”, disse o parlamentar do PSC, que foi reeleito. Feliciano também afirmou que, caso fosse maçom, não haveria problema algum: “mesmo que eu fosse maçom, qual é o problema com a maçonaria?”, questionou.

Cabo Daciolo finge não querer conversa, mas não se segura e diz que a verdade virá a tona em breve, mantendo suas posições sobre o pastor: “Ainda tem pomba gira também. Se liga. Vigia e ora. E vamos esperar para ver o que Deus vai fazer”, disse ainda Daciolo. Já Marco Feliciano continuou insultando o cabo militar com vários adjetivos: “falso projeta”, “neurótico”, “maluco”, “demente” e desequilibrado”.

A briga se encerrou com a exteriorização dos sentimentos de ambos, que resumem o que pensam sobre tudo que aconteceu. Marco Feliciano diz estar aliviado com a derrota de Daciolo: “Ainda bem que o Parlamento se livrou de você”; enquanto o militar diz que Feliciano precisa se arrepender e consertar seus erros: “volte para Jesus”, finalizou. Assista abaixo:

Tadeu Ribeiro
[email protected]