Canal de Caio Fábio é retirado do ar pelo Youtube por incitar violência

O reverendo Caio Fábio, conhecido no meio evangélico por conta de suas polêmicas posições, e por ser um dos maiores vendedores de livros evangélicos do Brasil, veio a público pedir a ajuda de seus seguidores. O Youtube suspendeu o canal de Caio Fábio na última segunda (05), com mais de 13 mil vídeos e 350 mil inscritos.

Caio Fábio lamenta suspensão de seu canal no Youtube.
Caio Fábio lamenta suspensão de seu canal no Youtube.

A plataforma de vídeos do Google informou que o motivo da suspensão seria a publicação de conteúdo que incita a violência. O vídeo que originou a penalização foi o de duas meninas que estão brigando na rua e um policial militar aparece pulando nas duas, para apartar a briga. O Youtube entendeu que o vídeo viola suas políticas, cada vez mais duras para esse tipo de conteúdo.

O reverendo disse, em vídeo publicado nas suas redes sociais, que considera o ato do Youtube uma loucura: “Eu não vou nem dizer como é patético”. Caio Fábio recorreu da decisão de suspensão ao próprio Youtube, e aguarda a decisão da empresa. Enquanto isso, criou um novo canal, chamado “Caio Fábio TV”, e está convidando todos os seguidores a se inscreverem no mesmo.

O novo canal conta, até o fechamento dessa matéria, com quase 5 mil inscritos, e cerca de 50 vídeos adicionados até agora. O anterior tinha 350 mil inscritos, e um acervo com mais de 13 mil títulos. O Youtube pode demorar de 2 a até 30 dias para decidir se retorna ou não com o canal. Assista abaixo o relato de Caio:

Tadeu Ribeiro
[email protected]