in

Cantor do Voz da Verdade é penalizado pelo Instagram por desmerecer vacina da Covid-19

O cantor gospel Samuel Moysés, da banda Voz da Verdade, causou polêmica em suas redes sociais, após desacreditar as vacinas contra a Covid-19. O Instagram ocultou as publicações por violar os termos do aplicativo.

Publicidade

O cantor de uma das mais conhecidas bandas evangélicas do país afirmou que não tomará as vacinas contra a Covid-19, e compartilhou reportagens fora de contexto para explicar o motivo.

Nas matérias, pessoas que tomaram a vacina da Pfizer – uma das mais usadas no mundo atualmente – acabaram contraindo a Covid-19 dias depois.

Na verdade, qualquer vacina aplicada no mundo – e não só para a Covid-19 – possuem uma janela de imunização e não garantem a imunidade instantânea. Além disso, esse prazo começa a ser contado a partir da 2ª dose do medicamento.

“Que vacina boa heim! Estão fazendo o povo de cobaia e muita gente não percebe…!!! Eu não tomo essa vacina por nada… Deus me livre!”, publicou Samuel Moyses.

Em outro post ele afirma: Alguém aí vai tomar [a vacina]…?!? Eu NÃO!!!”, esbravejou.

PUBLICIDADE

Mas os seguidores não deixaram por menos, e criticaram apostura do músico evangélico.

“Meu caro, não espalhe informação errada, por favor… vacinas demoram um tempo para surtirem efeito no organismo. Outra coisa: não se trata de ser cobaia, durante as fases de teste as pessoas se voluntariam para testar”, disse um.

“Quanta ignorância por parte de alguém que sempre admirei”, disse outro.

“Podemos ter todos os cuidados do mundo porém se Deus não nos guardar nada vai adiantar, creio também que Deus capacita os homens e a medicina, e como diabético vou tomar sim assim que estiver disponível tomarei quantas doses forem necessárias…”, atestou mais um.

A banda Voz da Verdade já havia se envolvido em outra polêmica na semana passada, após o pastor Carlos Moysés, líder do ministério, ter batizado duas moças dentro de uma piscina usando apenas uma sunga. Em nota, o ministério disse que o momento não estava planejado, e aconteceu após as jovens manifestarem o interesse em serem batizadas.

Publicidade

Ex-integrante acusa líder do coral gospel Kemuel de abusá-la psicologicamente

Pastor Samuel Mariano faz culto com aglomeração e sem uso de máscaras