Maior cantor gospel do mundo revela luta antiga contra drogas e álcool

Considerado o maior cantor gospel de todos os tempos, Michael W. Smith revelou recentemente fatos de sua vida que foram marcantes em sua formação cristã.

Cantor gospel Michael W. Smith.
Cantor gospel Michael W. Smith.

Antes de tornar-se um cantor e compositor famoso no mundo inteiro, ele pagou o preço por problemas que enfrentava em sua vida pessoal, quando não era cristão ainda.

Um desses episódios foi sua luta contra as drogas e o álcool. O intérprete gospel contou que, durante uma experiência com drogas, teve um colapso nervoso que o levou a ter um encontro com Deus na cozinha de sua residência. O fato transformou sua vida.

“Eu penso em mim quase morrendo. Eu estava brincando com fogo no final dos anos 70 e eu tive uma experiência de quase morte. Comecei a orar para que Deus me salvasse, porque eu sabia que iria morrer se algo não mudasse. Eu tive um colapso nervoso. Foi então quando Deus veio e Ele deitou ao meu lado no chão da minha cozinha enquanto eu chorava e convulsionava por três horas, da meia-noite às 3:00 da manhã. Eu não tenho sido o mesmo desde que me levantei daquele chão”, disse Michael em entrevista ao The Christian Post.

Segundo ele, perceber que seus pais oravam por sua vida e não julgavam seus atos foi algo que o ajudou muito a superar essa fase. E agora ele consegue passar isso adiante com seus filhos.

“Temos uma filha que está passando por um momento muito difícil. O marido a abandonou. Foi horrível. Mas, vendo a fé surgir nela, vendo a fé se erguer em toda a família, você vê a fidelidade de Deus no meio de uma situação muito difícil. Temos de nos apoiar no único que pode consolar e preencher a lacuna e nos tornar inteiros e é isso que fazemos”, revelou.

Michael W. Smith já esteve no Brasil algumas vezes e gravou, inclusive, com a cantora gospel Aline Barros no DVD de 20 anos de ministério da artista brasileira. O artista já vendeu milhões de cópias de seus álbuns mundialmente.