Conecte-se conosco

Polêmicas

Cantora gospel pede perdão após vazar áudio dizendo que “deu” para pastor

Publicado

em

Pastor Luiz Antônio e cantora gospel Kamila Rozendo - Foto: Reprodução

Na última semana vazou um áudio chocante de uma cantora gospel onde dizia ter um caso com um pastor da Igreja Assembleia de Deus do Ministério do Brás de Guararapes, em Pernambuco.

No áudio, Kamila Rozendo diz que foi abusada por Luiz Antônio, vice-presidente da AD Brás. Ele conta que o religioso se aproveitou de um momento seu de fragilidade, enquanto ela estava em depressão. “Os pastores tá matando mais, tá adulterando mais, tá roubando mais. Se eu falar que só no roubo da igreja ele se lasca’, disse ela no início do áudio.

“Eu era ovelha, eu não era pastor da igreja não. Eu dei a b***** pra ele porque eu sou solteira. Uma ovelha que era pra está sendo tratada, estava com começo de depressão e ele sabia, se aproveitou disso, fez totalmente uma pressão psicológica dizendo que ia se matar. Ia se jogar na frente do carro, pra mim não abrir a boca, pra ele não se lascar que ele tava com medo. Já passou desse tempo, antigamente era assim, ‘ah e o pastor Joãozinho, caiu? Porque a irmã Mariazinha tentou ele. Hoje em dia não, tá sérios abusos sexuais e psicológicos dentro da igreja”, finalizou Kamila [ouça abaixo].

O presidente do ministério logo marcou uma reunião para resolver o caso, assim que soube. Nesta reunião, que contou com a presença da cantora gospel, ela confessou que havia ficado com o pastor, e que foi ela quem acabou contra a vontade dele. Ela contou também que o religioso teria até ameaçado se jogar do carro.

Após a repercussão do áudio, a cantora se pronunciou sobre o vazamento, bem como o seu relato. Ela pediu perdão pelo áudio, que inclusive contém um palavrão sexual.

“Venho me desculpar com vocês, dizer que errei, que pequei, e que falhei, com Deus acima de tudo, com o pastor da igreja. Eu falhei, eu errei e eu pequei sim, caí em pecado, caí em adultério”, disse ela em um vídeo publicado por ela. “Não tem sido nada fácil pra mim vir aqui falar com vocês e se desculpar de todo o meu coração, mas aquele que confessa alcança misericórdia”, completou [assista abaixo].

Após tomar conhecimento do caso, o pastor presidente da AD Brás, decidiu afastar o pastor Luiz Antônio. Ele foi disciplinado e destituído das suas funções na Mesa e na Convenção Estadual.

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página