Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Claudio Duarte declara voto em Bolsonaro e diz que pesquisas eleitorais são compradas

Publicado

em

Pastor Cláudio Duarte e Jair Bolsonaro - Foto: Reprodução/Redes Sociais

O pastor evangélico Claudio Duarte, que possui milhões de seguidores nas mídias sociais – 6,8 mi somente no Instagram -, resolveu se posicionar sobre qual candidato apoiará nas eleições de 2022. Duarte se declarou bolsonarista e disse que vai votar em Bolsonaro.

Claudio Duarte publicou um vídeo nas redes sociais na manhã desta quinta-feira (17/03). Vestindo uma camisa da seleção brasileira, o pastor disse que tomou a decisão de se posicionar após ver outros líderes fazerem o mesmo.

O pastor disse que é um eleitor bolsonarista, isto é, que apoia o atual Presidente da República, Jair Bolsonaro, que na visão dele é o melhor para o Brasil.

Claudio lembrou seus seguidores que em eleições passadas votou em candidatos da esquerda, e inclusive foi cabo eleitoral deles, mas fez questão de afirmar que hoje não é mais. Apesar de declarar voto em Jair Bolsonaro, o pastor deixou claro que ainda têm dúvidas sobre a direita. No entanto, entre a esquerda e a direita, ele se posiciona a favor da segunda opção.

O pastor falou ainda que por onde passa, tem percebido um aumento de pessoas a favor de Bolsonaro. “A cada 10 pessoas, oito a nove são pró-governo”, disse ele afirmando que as pesquisas que estão sendo divulgadas onde mostram Lula à frente nas intenções de votos são todas ‘compradas’.

“Não consigo entender essas pesquisas. Acho que são pesquisas compradas”, disse ele. “Acho que vamos vencer nas urnas, a eleição. Vem um tempo legal para o Brasil”, afirmou ele.

Claudio Duarte finalizou dizendo que quem discordasse dele sobre ser bolsonarista ou apoiador de candidato da direita, poderiam deixar de segui-lo nas redes sociais:

“Fique à vontade, é um grande prazer caminhar com você, mas sem você na minha rede social a minha vida vai continuar seguindo. Se você me deixar de seguir, amanhã vai fazer dois dias que isso acontece, e eu não estou aqui procurando aprovação coletiva, estou aqui procurando aprovação da minha consciência, do que estou fazendo”, finalizou.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página