Datafolha: Evangélicos estão mais insatisfeitos com Brasil do que católicos

A pesquisa Datafolha divulgada ontem (25) pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo, que indicou uma queda de 6 pontos entre Jair Bolsonaro (56%) e Fernando Haddad (44%), também mediu o nível de descontentamento entre os eleitores religiosos com a situação atual do Brasil.

Evangélicos estão mais insatisfeitos com o Brasil que os católicos.
Evangélicos estão mais insatisfeitos com o Brasil que os católicos.

O Datafolha indicou que os evangélicos estão mais tristes com a situação brasileira do que os católicos. O instituto questionou: “Quando você pensa no Brasil de hoje em dia, você se sente…”, e as respostas foram duras. Para 76% dos que se declararam evangélicos, a situação os deixa insatisfeitos. Entre os católicos esse índice de decepção é um pouco menor, mas mesmo assim alarmante – 74% se dizem insatisfeitos.

A pesquisa também mediu o nível de raiva ou tranquilidade com relação a situação do país, houve empate entre os segmentos católico e evangélico. Para 59% dos entrevistados nesses grupos, a sensação que predomina é a de raiva.

Os católicos representam 56% da população brasileira, enquanto os evangélicos somam 30%, segundo os últimos números divulgados pelo IBGE. Os outros grupos religiosos formam uma pequena parcela do eleitorado, e por isso não tiveram como serem considerados na pesquisa do Datafolha de forma individualizada.

Veja também: IBOPE aponta queda de Bolsonaro entre evangélicos.

Essa pesquisa foi contratada pela Folha e pela TV Globo, e foi realizada entre os dias 24 e 25 deste mês, com 9.173 eleitores de 341 cidades do Brasil. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. A sondagem está registrada no TSE sob o n. BR-05743/2018.

Tadeu Ribeiro
[email protected]