in

Delegado diz que família de Lucas do BBB está com medo de processar Karol Conká

Após a série de ofensas e xingamentos que Karol Conká proferiu contra Lucas Penteado, exibida na edição de ontem do “BBB 21”, o delegado Bruno Lima, de São Paulo, avisou que entraria em contato com a família do ator para a abertura de uma ação penal por injúria por parte da cantora.

Procurado pelo UOL hoje, Bruno confirmou que entrou em contato com a família, mas disse que eles estão receosos sobre o prosseguimento do processo.

Estamos em contato com a família, respeitando o timing deles. Eles estão bem ariscos, muito receosos. O jogo virou e pode virar de novo. Agora surgiu esse BO contra ele. Eles vão conversar com a assessoria do Lucas para ver como seguiremos.

O boletim de ocorrência ao qual Bruno se refere foi divulgado hoje pelo UOL. Uma ex-namorada de Lucas, cujo nome seguirá oculto, o acusa de tê-la agredido e mantido em cárcere privado por meses.

De acordo com Bruno, a injúria se configura como uma ofensa à honra subjetiva da vítima. Karol teria cometido um crime ao xingá-lo de idiota e de m* na frente da casa inteira.

O fato criminal que nós apuramos ali assistindo é o fato dela ter chamado ele de idiota e de merda. O Lucas nem deve saber que foi vítima de crime. O programa deveria informar.

Bruno explicou que disponibilizou advogados parceiros para auxiliar a família de Lucas no processo, mas que cabe ao ator, quando sair da casa, prosseguir ou não com a ação. “Seria uma ação penal privada, cabe a ele proceder ou não”, destacou.

Diante das novas acusações contra Lucas, Bruno disse já ter tido acesso ao BO, mas que a investigação não interefere no caso de injúria. “Analisamos o caso a caso. Se vier à tona tudo isso, será feita uma investigação separada”, concluiu.

Laboratório vende próteses dentárias roubadas de defuntos como se fossem novas

Vocalista do Molejo é acusado de estuprar dançarino de 21 anos