in

Drag diz que saiu da Igreja Universal após ser ameaçada de morte pelos fiéis

A influencer e drag Sophia Barclay, de 18 anos, abandonou a Igreja Universal após sofrer uma série de ofensas e até ameaças de morte nas redes sociais por parte de supostos fiéis. Sophia frequentava a Universal há cinco anos. As informações são do colunista Ricardo Feltrin, do Uol.

Publicidade

Após os inúmeros ataques, a jovem registrou Boletim de Ocorrência no Rio de Janeiro. “Você não vai viver para contar igual a Andressa Urach, estamos de olho em tu”, diz uma das mensagens recebidas pela influencer.

“Não piso nunca mais na Universal. A igreja acabou com minha crença, acabou com minha saúde psicológica, eu não estou saindo de casa, eu entrei em pânico e estou fazendo tratamento”, disse Sophia ao colunista Ricardo Feltrin.

PUBLICIDADE

Conforme a jovem, ela decidiu entrar para a Universal após ler uma declaração do pastor Edir Macedo em 2015 na qual ele afirmava que gays eram “bem-vindos”. “Ele falou que a gente seria bem recebido. Como os fiéis fazem uma coisa dessa? Quem é essa gente para perseguir os outros?”, questionou a drag.

Procurada pelo Uol, a Igreja Universal informou não ter identificado agressores entre seus membros e ressaltou que aceita a diversidade.

Publicidade

Cantora gospel é arrastada e apanha do marido em Shopping do Rio de Janeiro

Katy Perry anuncia que está voltando para a igreja evangélica