in

Eclipse deste domingo (21) será o mesmo que ‘parou o sol’ no livro bíblico de Josué

O primeiro eclipse deste ano será um raro eclipse anular, também conhecido pelos cientistas como “Anel de Fogo”, que se dá quando o Sol, a Lua e a Terra ficam alinhados, o que faz com que a luz solar seja bloqueada pela terra e reflita apenas nas bordas da Lua, fazendo-a parecer um anel amarelado.

Publicidade

Esse eclipse poderá ser visto no próximo domingo (21), mas apenas em algumas regiões do planeta: África Central, Península Arábica, Índia, China e Pacífico. Na Europa e no norte da Austrália, os espectadores verão apenas um trecho parcial do fenômeno.

Estudiosos desse tipo de fenômeno dizem que esse tipo de eclipse foi o mesmo que fez o sol parar durante uma batalha descrita no livro bíblico de Josué, mais de 3 mil anos atrás.

Em um artigo publicado na revista científica Astronomy and Geophysics, há 3 anos, pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, confirmaram uma teoria sugerida pela primeira vez pelos pesquisadores da Universidade Ben Gurion: houve um eclipse solar quando o sol sumiu na batalha de Josué.

Eles ainda conseguiram encontrar a data em que a batalha aconteceu: 30 de outubro de 1207 a.C., precisamente 3.227 anos atrás.

PUBLICIDADE

Em Josué 10:12-13, a Bíblia diz: “No dia em que o Senhor deu aos israelitas vitória sobre os amorreus, Josué orou ao Senhor diante do povo e disse: ‘Que o Sol pare sobre Gibeom, e a Lua, sobre o vale de Aijalom!’. O Sol parou e a Lua ficou onde estava, até que o povo tivesse derrotado seus inimigos. Acaso esse acontecimento não está registrado no Livro de Jasar? O Sol parou no meio do céu e não se pôs por cerca de um dia inteiro”.

Os pesquisadores observaram que outras histórias antigas relatam a paralisação do Sol, mas apenas o relato bíblico menciona a Lua. Isso os levou à conclusão de que o acontecimento se refere a um eclipse, no qual a Lua passa entre o Sol e a Terra, bloqueando a luz solar.

Além disso, o estudo da Universidade Ben Gurion descreve o fenômeno do livro de Josué como um eclipse anular, especificando que a Lua se alinhou com o Sol.

Publicidade

Em live, pastor diz que fieis de região pobre são ‘meio encardidos e sujos’

Mulher de Cabo Daciolo vence leucemia e faz aniversário: ‘Deus é bom’