Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Elefante que matou idosa e depois invadiu seu funeral para pisoteá-la volta para destruir casa de vítima

Mulher de 68 anos teria sido atacada e pisoteada por um grupo de elefantes, que destruíram casas do vilarejo onde ela morava

Publicado

em

Casa de idosa morta por elefante é destruída por manada durante funeral - Imagem/Reprodução

Nas últimas semanas, o caso de um elefante que matou uma idosa de 68 anos e atacou o corpo da mesma mulher durante o funeral ganhou repercussão internacional, principalmente no Brasil. O caso aconteceu no leste da Índia.

Segundo as autoridades locais, Maya Murmu foi morta pisoteada enquanto pegava água em um poço, na região do distrito de Mayurbhanj. Segundo testemunhas, o elefante teria aparecido do nada no local.

Depois de ser pisoteada, a vítima foi levada a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a falecer. De acordo com o jornal britânico Independent, a polícia local informou que o elefante se desviou do santuário de vida selvagem de Dalma, a quase 200 quilômetros de Mayurbhanj.

Não bastasse isso, no velório da vítima o animal retornou com uma manada e destruiu a cerimônia e pisoteou novamente sobre o corpo da indiana, episódio que deu o que falar nas redes sociais e na imprensa na índia.

Além disso, um grupo de animais teria entrado no vilarejo onde a mulher morava e derrubado três imóveis, além do local onde a idosa morava. Um vídeo gravado na vila de Raipai, no distrito de Mayurbhanj, mostra a destruição em uma das residências.
Em entrevista ao The Times of India, uma das testemunhas descreveu o momento de pânico. “Ficamos aterrorizados depois de testemunhar a manada de elefantes na quinta-feira à noite. Nunca tivemos um bando de elefantes tão feroz antes”.

Informações da rede de TV indiana Kanak News indicam que a região de Odisha, onde o incidente ocorreu, é palco de tensões entre humanos e elefantes selvagens, por causa da ação de garimpeiros que atuam no local, destruindo florestas, colocando em risco o habitat e a sobrevivência da fauna em busca de recursos naturais.

Confira o vídeo:







+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página