Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Empresária é presa por suspeita de envolvimento em assassinato de pastor em Uruguaiana

Publicado

em

Empresária é presa suspeita de mandar assassinar pastor em Uruguaiana - Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil de Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, prendeu temporariamente uma empresária na última segunda-feira (4), acusada de ser a mandante do assassinato do pastor evangélico Renato Coronel, de 34 anos. O crime ocorreu em 22 de novembro, quando a vítima foi atingida por tiros.

O delegado Wellington Pinheiro, encarregado do caso, informou que a prisão temporária da empresária foi efetuada em seu estabelecimento comercial. Segundo o delegado, a medida foi tomada para evitar possíveis interferências na investigação. A suspeita foi conduzida à penitenciária modulada de Uruguaiana.

Conforme as apurações da polícia, a motivação para o assassinato estaria relacionada a uma dívida do pastor com a empresária. O delegado Pinheiro esclareceu que a prisão temporária visa assegurar o progresso das investigações.

O executor do crime, que já está sob custódia, foi detido no mesmo dia do assassinato, na cidade vizinha de Barra do Quaraí. O delegado explicou que o indivíduo se aproximou do pastor, que se encontrava em frente ao seu estabelecimento comercial, e disparou com uma pistola calibre 9 milímetros, em seguida, evadiu-se do local.

O caso continua sendo investigado pela Polícia Civil de Uruguaiana, que busca esclarecer completamente os motivos e circunstâncias que levaram ao trágico acontecimento em 22 de novembro.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página