Conecte-se conosco

Gospel

Ex-pastora Ana Akiva alega complô de pastores após perder conta no Instagram

Publicado

em

A ex-pastora Ana Akiva, que recentemente ganhou notoriedade ao romper seu casamento com um líder religioso para se tornar uma musa do OnlyFans, afirmou estar sendo alvo de um complô por parte de pastores que desejam silenciá-la.

A modelo, que teve sua conta no Instagram, com mais de 120 mil seguidores, bloqueada após denúncias de haters, revelou sua determinação em não desistir. Atualmente, ela está usando uma nova conta na plataforma.

“Querem me calar, mas não vão conseguir. Já abri um novo perfil e não vou desistir. Mais do que retomar minha carreira como modelo, a minha luta agora é contra relações abusivas. Sei que estou mexendo com pessoas poderosas, que comandam grandes igrejas, mas não tenho medo. Resolvi quebrar o silêncio,” declarou Ana Akiva.

A ex-pastora alega que a queda de seu Instagram foi resultado de um complô liderado por pastores temerosos de serem expostos. Ela faz novas acusações contra igrejas, mencionando casos graves de comportamento inadequado por parte de líderes religiosos.

“Já presenciei casos graves, cenas absurdas. Pastores traindo, usando drogas, aplicando golpes e agredindo suas esposas. É chocante! Não vou entrar em detalhes, mas quero que as pessoas saibam que isso acontece. Muitos pregam uma coisa e vivem outra,” completou.

Entenda o caso:

Ana Akiva, de 36 anos, ex-pastora de uma igreja evangélica no interior de São Paulo, afastou-se das pregações para ingressar nas plataformas de conteúdo adulto Privacy e OnlyFans após romper um casamento que descreve como tóxico com o líder religioso Youssef Akiva.

Ana decidiu se libertar e retomar sua carreira de modelo, destacando as dificuldades enfrentadas durante o casamento. “É difícil ser feliz ao lado de alguém que controla sua vida e que nunca te coloca para cima, que te chama de lixo, cospe na sua cara. Muitas mulheres passam por isso dentro da igreja e sofrem caladas assim como eu,” lamenta.

A ex-pastora alega ter vivido anos de abusos psicológicos e emocionais durante o casamento. Desde o divórcio, ela tem exposto a hipocrisia religiosa e agora enfrenta resistência online, acreditando ser alvo de um complô liderado por pastores.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página