Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Fiel é retirado à força por guardas durante culto na Assembleia de Deus de Aracaju

Publicado

em

Fiel é retirado à força por guardas durante culto na Assembleia de Deus de Aracaju - Foto: Reprodução

Na noite desta quinta-feira (17/02), fiéis foram surpreendidos por uma grande confusão na Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Sergipe durante um culto. A igreja, que fica na Rua Bahia, no bairro Siqueira Campos, em Aracaju, teve a presença da Guarda Municipal e a Polícia Militar, que foram acionadas para conter a confusão.

Segundo informações, o pastor Marcos Alberto Vieira dos Santos decidiu expulsar um membro da igreja, Paulo Figueiredo, que segundo o religioso estava criando confusão na igreja em que liderava. Mas, o fiel resistiu a ordem do pastor. Diante disso, a Guarda Municipal e a Polícia Militar de Aracaju foram chamadas.

A presença dos militares foi gravada por outros membros da igreja. No entanto, mesmo com a presença dos guardas, o fiel não obedeceu a ordem de se retirar do templo. Segundo o membro, ele tinha uma ordem judicial, que daria a ele o direito de permanecer no local.

Mesmo assim, os guardas optaram por retirar o homem da igreja, pois segundo eles, estavam “cumprindo ordem”.

Paulo Figueiredo já estava proibido, por ordem judicial, de entrar no templo central, segundo o pastor. Mas, o membro alegou que a Justiça proferiu outra sentença que permitia que ele entrasse.

Paulo acusa pastores de terem cometido crimes extraconjugais. Além disso, as denúncias apontam irregularidades financeiras, como desvio de dinheiro e falta de transparência na prestação de contas. Segundo ele, foi levado o caso ao Conselho de Ética da Igreja, mas teve “seus direitos interrompidos”.

A Igreja Assembleia de Deus no Estado de Sergipe é presidida pelo Pastor Virgínio de Carvalho que também é Senador da república pelo estado. Ele, no entanto, não estava presente no momento da confusão.

Paulo é membro da denominação há 40 anos, foi regente da mocidade por 14 anos e trabalhou no escritório da igreja por 25 anos.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página