Conecte-se conosco

Gospel

Filha de Ludmila Ferber diz que “endoidou” após morte da mãe e faz relato preocupante

Publicado

em

Vanessa Múrias, filha da cantora gospel Ludmila Ferber - Foto: Arquivo Pessoal

Uma das filhas da cantora gospel e pastora Ludmila Ferber desabafou nas redes sociais sobre a perda da mãe, falecida no final de janeiro deste ano depois de uma intensa luta contra o câncer. A postagem de Vanessa Múrias vem causando preocupação em seus seguidores.

“Eu morri com ela. A que tinha mãe, morreu, e entrou essa aqui no lugar. Ela é legal, mas não consegue lidar com nada, é meio inconsequente de vez em quando e meio desesperada pra se sentir bem”, iniciou a moça nas redes sociais.

Segundo ela, isso está acontecendo por conta da morte da mãe. “É isso que acontece quando você sente a pior dor da sua vida? como alguém sobrevive a isso? E como alguém sobrevive a perder um filho então? Ah! Não sobrevive né? Porque você morre e vem outra pessoa no seu lugar”, desabafou ela.

Vanessa segue dizendo que Ludmila Ferber não deveria ter partido. Por causa disso, afirma que “deu uma endoidada”. A jovem disse que vive como se outra pessoa tivesse ocupado seu lugar depois da morte da mãe.

“Não tem como não endoidar, você foi substituída mas segue no mesmo lugar e ainda por cima sem alguém que não deveria morrer? qual o sentido disso? Nenhum. Então você dá uma endoidada. E o mundo inteiro espera ações da antiga eu, a que não endoidou. A que tinha mãe”, escreveu ela.

Ela continua: “E eu não esperava que fosse ser assim porque ela/eu já tinha se acostumado a ser a que não tinha mais vô, vó, pai… nem teve que morrer pra nada disso, só conseguir entender rápido como ser assim. Quão mais difícil poderia ser? Tão difícil que ela morreu junto. E sou essa nova aqui. Prazer, sou a Vanessa sem mãe”, completou.

Vanessa finaliza dizendo que não sabe quando “voltará ao normal” e volta a confirmar que, após a partida de Ferber, ficou doida de tanta dor.

“Quem já morreu e endoidou normalmente me entende melhor. A gente devia fazer um clube. Clube dos doidos sem alguém que não podia morrer, não deveria morrer. Qual o sentido dela morrer?! O nome é bom. Quando eu conseguir existir melhor, faço a patente”, finalizou ela.

Vanessa recebeu uma enxurrada de mensagens em apoio a ela, muitos desejando força. “Que o Espírito Santo te console todos os dias e te faça encontrar razão a partir de outras perspectivas. Deus é contigo e te guarda! Viva seu luto! Mas vc sabe que Jesus está contigo e não te desampara! Fique bem!”, comentou um usuário.

Ludmila Ferber morreu no dia 26 de janeiro após muitos anos lutando contra o câncer. Ela tinha 56 anos e deixou três filhas: Daniela Ferber Lino, Ana Lídia Ferber Lino e Vanessa Ferber Lino.

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página