Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

“O fim é a sepultura”, diz pastor ao ver filho morto por envolvimento nas drogas

Publicado

em

Mateus Silva e Márcio da Vitória - Foto: Reprodução/TV Gazeta

Um jovem, filho de pastor evangélico, foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (24/03), em Vitória (ES). Segundo a família, ele foi assassinado dentro de um campo de futebol.

Mateus Silva, de 20 anos, foi batizado na igreja do pai, Márcio da Vitória, em novembro de 2021, mas acabou entrando pro mundo das drogas.

“Infelizmente no nosso Brasil está difícil criar filhos. A dor, eu não tenho nem como expressar. É um filho. As amizades influenciaram, levaram ele a tomar caminhos tortuosos. O fim dele é esse aí. É a sepultura”, disse o pai.

Mateus foi assassinado a tiros no bairro São Pedro, em Vitória. O pai, que é um pastor conhecido na comunidade, lamentou a morte do filho e disse que, se pudesse, “entraria na frente de uma bala para proteger meu filho”.

Ele socorreu o filho e o levou de carro para o Pronto Atendimento de São Pedro, mas o jovem morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade médica.

“Quando cheguei lá meu filho estava caído no chão. Ele estava dando os últimos suspiros. Peguei ele no carro e levei ele”, relatou o pastor ao TV Gazeta.

Depois disso, o corpo de Mateus foi encaminhado ao Departamento Médico Legal (DML). Quando viu o filho saindo morto do pronto atendimento, o pastor passou mal e teve que ser amparado.

“Se ele não estivesse no campo, ele estaria na minha casa, e eles foram lá procurar ele. E, com certeza, agora seriam dois velórios, porque eu entraria na frente de uma bala para proteger meu filho”, disse o pastor.

Os moradores da região ficaram assustados com o assassinato, que aconteceu dentro de um campo de futebol. A Polícia Civil está investigando o caso e nenhum suspeito foi preso.

PROJETO SOCIAL

O pastor contou que tem um projeto que ajuda dependentes químicos na cidade. Disse que, antes de ser pastor, também teve envolvimento com o tráfico e que tentou, de todas as formas, tirar o filho das drogas.

“Há 25 anos eu saí da vida do crime, exatamente para não ter um fim desse. O que eu puder fazer para ajudar vidas, tirar do crime do crime, do tráfico, arrancar dessa vida torta, eu vou fazer. E agora, mais do que nunca, em memória ao meu filho”, disse Márcio.

“Nunca desista do seu filho. Nunca. Ele pode ter roubado sua casa, no vício, ter dado o prejuízo que for, nunca desista dos seus filhos. Lute até o final como eu lutei com a vida no meu filho”, finalizou o religioso.

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário







+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página