in

Filho de pastor morre intoxicado por gás 1 mês após pai morrer de Covid-19

O filho do pastor Jairo Érico Clementino, o jovem alagoano Jonathas Famuel Clementino Silva, morreu no último sábado (04) vítima de intoxicação, após um vazamento de gás no aquecedor do apartamento onde morava na Argentina. Jonathas cursava medicina no país.

Publicidade

A notícia chocou a família, principalmente porque o pai do rapaz, pastor Jairo, de 47 anos, morreu dia 30 de maio, vítima da Covid-19, causada pelo novo Coronavírus.

As informações foram confirmadas pela Assembleia de Deus em Maceió (AL), onde o pastor atuava. Não foi divulgado quando o corpo do jovem Jonathas chegará da Argentina no Brasil, nem quando o sepultamento será realizado.

PUBLICIDADE

“Oremos pela irmã Aldeci, Jafia sua filha e toda família que sofre nesse momento de perda”, diz a nota assinada pelo presidente da igreja, reverendo José Orisvaldo Nunes de Lima.

Vítima da Covid-19, o pastor Jairo tinha diabetes e asma. Ele era ex-diretor da Santa Casa de Misericórdia de São Miguel dos Campos, e liderava as igrejas Assembleia de Deus no Pontal da Barra, Stella Maris e Tabuleiro do Martins, em Maceió (AL).

Publicidade

Mara Maravilha rebate críticas de evangélica: ‘Vai orar e me erra’

Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para a Covid-19 e fará contraprova