Filho de Flordelis assume presidência do ministério gospel e tira nome da mãe

O ministério da cantora gospel Flordelis parece tentar se desvincular do nome da artista, que vem sendo alvo das investigações pelo assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal.

Cantora gospel Flordelis.
Cantora gospel Flordelis.

O pastor Carlos Ubiraci, que é filho de Flordelis e do pastor morto, assumiu a presidência da denominação há cerca de 2 semanas, e, segundo o Extra, já está adotando medidas para desvincular a instituição da cantora gospel.

Em panfletos antigos publicados na página de Carlos, o nome de Flordelis aparecia em todas as publicações alusivas aos cultos. Agora é diferente. Em sua rede social, o pastor faz publicações convocando os fiéis principalmente para cultos na igreja sede, localizada no Mutondo, em São Gonçalo, e na filial de Piratininga, em Niterói, citando apenas “Ministério Cidade do Fogo”, retirando a palavra “Flordelis”.

A presidência da instituição cabia à cantora gospel até duas semanas atrás. Agora, Flordelis desceu na hierarquia e é vice-presidente. O presidente atual, Carlos, é filho afetivo de Flordelis e Anderson, pois nunca foi formalmente adotado.

O Ministério Flordelis conta atualmente com uma sede, no Mutondo, em São Gonçalo, e três filiais – Piratininga, em Niterói, Itaipuaçu, em Maricá e a de Itaboraí. Duas filiais, a de Pendotiba, em Niterói, e Jardim Catarina, em São Gonçalo, fecharam as portas após o crime.

O pastor Anderson do Carmo, esposo da cantora gospel Flordelis, foi assassinado a tiros na madrugada do dia 16 de junho deste ano. Quatro filhos da evangélica prestaram depoimentos à polícia nos quais afirmaram acreditar no envolvimento da mãe no crime.

Procurada, a assessoria da cantora gospel negou que o nome de Flordelis tenha sido retirado da marca do ministério. A artista nega que tenha qualquer envolvimento na morte do marido.