Filho de pastor que se suicidou questiona porque pai não se despediu

O pastor Andrew Stoecklein, de apenas 30 anos, acabou se suicidando no último dia 25 de agosto, após sofrer com depressão por algum tempo. Ele liderava a megaigreja Inland Hills, que fica na cidade de Chino, estado da Califórnia (EUA), e deixou a família, amigos e igreja perplexos com o desfecho trágico dado por ele.

Pastor Andrew e seu filho mais velho.
Pastor Andrew e seu filho mais velho.

Agora, a viúva do pastor, Kayla, usou seu Instagram para compartilhar com os seguidores um difícil momento para ela: contar aos filhos que o pai deles não irá voltar pra casa. O pastor Andrew deixou dois lindos filhos. O mais velho, Smith, questionou o motivo do pai “não ter dito adeus”, e acabou partindo ainda mais o coração de Kayla, que não tem essas respostas.

“Dizer aos meninos ontem foi à coisa mais difícil que eu já tive que fazer. Isso me esmagou. Nosso filho mais velho, Smith, teve o momento mais difícil de processar tudo. Ele é um garoto inteligente e está incrivelmente de coração partido”, contou ela na publicação.

A jovem mãe disse ainda que estava odiando o fato de ver seus filhos assim, e também ter que encontrar forças para seguir adiante um caminho que ela não escolheu percorrer: “Estas são questões que uma criança de 5 anos não deveria estar perguntando. Estas são perguntas que uma mãe de 29 anos não deveria responder. Eu odeio não poder protegê-los da dor deles. Eu odeio que a única maneira de seguir em frente é percorrer [esse caminho]. Há muita coisa desconhecida para todos nós”, desabafou.

A viúva do pastor disse ainda que, mesmo com essa tempestade em sua vida, não deixou de crer nas providências de Deus sobre sua família, e espera que consiga superar essas adversidades: “O desconhecido é assustador. Esta não é a vida que eu sonhei, mas sei que Deus está comigo. Esta não é a vida pela qual eu orei, mas sei que Deus proverá. Isso não é justo, isso não está certo, isso não parece real, mas eu sei que Deus é grande, mais forte e maior. Deus é para mim, comigo e ao meu lado. Ele está envolvendo seus braços amorosos à minha volta e dos meus meninos, e nos lembrando mesmo agora Ele também está nisso. #godsgotthis”, terminou.

Tadeu Ribeiro
[email protected]