in

Flordelis e Anderson transavam com os filhos, diz ex-empregada da casa

Flordelis mantinha uma vida de luxo com o dinheiro recebido dos fiéis e tratava os filhos de forma diferente, segundo uma pessoa que já trabalhou na casa da cantora gospel contou ao RJTV 2ª Edição da Globo.

Publicidade

“Tanto Flordelis quanto Anderson do Carmo não tinham nenhum tipo de emprego, nenhum tipo de renda. E este marketing, das 50 crianças, praticamente era a única fonte de renda que eles possuíam”, recorda-se a pessoa, que não quis se identificar para não sofrer represálias.

Todo esse dinheiro que a família recebia era destinado às regalias de Flordelis e Anderson do Carmo.

“Ela cantava nas igrejas, recebia as ofertas. O dinheiro circulava em grande quantidade, na verdade, na casa. (…) Regalias e carro do ano, bons restaurantes, era isso que era destinado”, conta.

A testemunha falou ainda que na casa da deputada gospel rolavam incestos e relações imorais: “Durante o convívio, era perceptível que eles mantinham relações amorosas entre irmãos, entre pai e filha, entre mãe e filhos. Isso era nítido, notório, e inclusive contado pelos próprios”, afirmou.

PUBLICIDADE

Um dos filhos de Flordelis, inclusive, já havia afirmado à polícia em depoimento que a deputada gospel deitou-se com ele assim que o adotou, e que eles mantiveram relações até ele começar a namorar sua atual esposa, que ele conheceu na igreja da família.

Para a ex-funcionária, Flordelis foi a mandante do assassinato do marido: “Anderson se tornou uma pedra no sapato pra Flordelis. E ela fez com ele exatamente o que ela faz com todos: retira do caminho”, acredita.

A deputada gospel foi procurada pela reportagem para se manifestar, mas não respondeu aos questionamentos.

Publicidade

Xuxa diz que Silas Malafaia deveria estar preso e ele se exalta

Pastor pagava para limpador de piscina ter relações com sua esposa