in

Flordelis tinha taco de beisebol “para bater nos outros”, diz filho à polícia

O filho da cantora gospel e deputada federal Flordelis (PSD), Lucas Cézar dos Santos, de 19 anos, revelou em depoimento à Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) que a mãe tinha um taco de beisebol “para bater nos outros”.

Publicidade

O jovem fez a afirmação enquanto relatava aos investigadores que uma das netas da cantora gospel, Lorrane Oliveira, costumava fazer fofocas para Flordelis “para os outros apanharem”.

Lucas disse que na casa da família ele tinha problemas de convivência com Lorrane e também com a mãe dela, Simone, que é uma das filhas biológicas de Flordelis.

“Fofoqueira. Ela (Lorrane) e a mãe dela (Simone). Gostam de fazer fofoca dos outros pros outros apanharem. Tinha um taco de beisebol para minha mãe bater nos outros. Não sei se tem ainda. Só elas (Lorrane e Simone) que podiam sair, ir pra festa. Ninguém mais saía. E eu saía mesmo, ia pra festa, pro baile. Elas sabiam e falavam para a minha mãe”, disse Lucas em depoimento.

PUBLICIDADE

O rapaz contou ainda nesse depoimento que a carta que fez para assumir a culpa pelo assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido de Flordelis e seu pai adotivo, foi arquitetada pela própria mãe, que a entregou dentro de uma Biblia para que ele – Lucas – a copiasse e entregasse à polícia. O intuito seria livrar Flávio dos Santos, filho biológico de Flordelis, das acusações no assassinato.

Flávio e Lucas estão presos há 1 ano aguardando julgamento. Eles foram denunciados pelo Ministério Público do Rio de Janeiro como autores do assassinato do pastor Anderson do Carmo, que ocorreu em 16 de junho de 2019.

Flordelis, que continua sendo investigada pela polícia, defende que é inocente. Procurados pela reportagem para comentar sobre as declarações de Lucas, os advogados da cantora gospel afirmaram que não iriam se pronunciar porque o inquérito corre em segredo de justiça. As informações são do jornal Extra.

Publicidade

Brasileira morre aos 120 anos considerada a mulher mais velha do mundo

Pastor que chamou negros de “encardidos e sujos” pede perdão: ‘Grosseria’