in

Cassiane lançará nova versão de clipe gospel após ser cancelada na web

A cantora gospel Cassiane está sendo “cancelada” na internet, após lançar um clipe na última sexta-feira (17) acusado de romantizar a violência doméstica cometida contra as mulheres. A MK Music anunciou agora há pouco, após a repercussão negativa, que lançará uma nova versão do clipe.

Publicidade

A canção gospel “A Voz”, que tem letra do cantor Jotta A e vídeo roteirizado por Marina de Oliveira, filha de Yvelise, dona da gravadora, foi a aposta da MK Music desta semana, mas a repercussão ficou longe do esperado.

Na história encenada, uma mulher aparece sofrendo em casa com as agressões do marido supostamente alcoólatra. O homem chega até a furtar dinheiro da mulher para, sugestivamente, comprar mais bebida, em meio a agressões e brigas. A mulher da história mostra, inclusive, o braço com uma mancha roxa em formato de hematoma.

Depois de algumas agressões, a mulher decide sair de casa, e deixa um bilhete dentro de uma Bíblia, dizendo que perdoava o agressor e o amava. Tempos depois, um final mágico: o agressor vira evangélico e Deus “restaura” esse lar.

O fato da produção gospel de Cassiane não ter exibido a mulher denunciando seu agressor, ou procurando ajuda de alguma autoridade pública, já que os atos encenados representam crimes no ordenamento jurídico, chamou atenção dos internautas.

O clipe gospel de Cassiane soma apenas 11 mil avaliações positivas no YouTube, ante 54 mil negativas, ate às 16h deste domingo (19/07).

“Clipe que incentiva os homens a agredirem suas esposas. Por isso que muitas mulheres estão morrendo”, diz o comentário de um internauta no vídeo.

PUBLICIDADE

“Então ele agrediu ela duas vezes e a mesma não denunciou? Qual a mensagem? Não entendi, cadê o 180 no final do clipe? Agressão é bem sério”, comentou outro.

Por conta de repercussão negativa na mídia e nas redes sociais, a MK Music anunciou neste domingo (19) que está editando uma nova versão da produção gospel e a lançará em breve.

“Estamos gravando e editando neste domingo (19) outra versão do clipe A VOZ, por amor e consideração à querida CASSIANE e seu ministério que há 39 anos é relevante; por todos que nos acompanham e confiam em nosso trabalho e estão prontos a nos darem sua opinião com carinho e preocupação; em respeito às dores de muitas vítimas e também àquelas que, infelizmente, não conseguiram romper; para que não haja dúvidas da nossa intenção e para que isso não enfraqueça a mensagem principal!”, diz o texto.

A gravadora disse que lançará uma nova versão do clipe gospel porque algumas pessoas “não entenderam” a mensagem que se quis passar, como se não concordasse com as críticas feitas pelo público gospel.

“O roteiro original do clipe foi todo desenvolvido por nossa diretora artística MARINA DE OLIVEIRA, focando na FÉ e AÇÃO, sem nenhuma interferência da nossa amada CASSIANE, que também nos conhece e confia. Mas, se não foi compreendido por alguns… Com muito amor, responsabilidade, humildade, e para que esta mensagem poderosa alcance e inspire muitas vidas, sem nenhum ruído, muito em breve vocês poderão assistir à nova versão do clipe A VOZ”, continua a nota (leia na íntegra abaixo):

Portal do Trono lembra: Violência física, psicológica, financeira, religiosa, e demais agressões à mulher, é crime! Denuncie! Disque 180. A ligação é gratuita, funciona 24h todos os dias, e possui anonimato garantido. E se o seu pastor, padre, ou qualquer outra pessoa, lhe desencorajar a fazer a denúncia, denuncie ele também.

View this post on Instagram

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER É CRIME! DENUNCIE: DISQUE 180 “Ponham em prática o que vocês receberam e aprenderam de mim, tanto com as minhas palavras como com as minhas ações. E o Deus que nos dá a paz estará com vocês.“ Filipenses 4:9 (NTLH Linguagem de Hoje) Estamos gravando e editando neste domingo (19) outra versão do clipe A VOZ, por amor e consideração à querida CASSIANE e seu ministério que há 39 anos é relevante; por todos que nos acompanham e confiam em nosso trabalho e estão prontos a nos darem sua opinião com carinho e preocupação; em respeito às dores de muitas vítimas e também àquelas que, infelizmente, não conseguiram romper; para que não haja dúvidas da nossa intenção e para que isso não enfraqueça a mensagem principal! Acreditamos totalmente no poder transformador de Cristo, e nos colocamos à Sua disposição para que nos use como amplificadores da mensagem de salvação, amor e paz. Com ELE, também aprendemos a ouvir, refletir, sermos sensíveis e corajosos para mudanças. E jamais abrirmos mão do nosso papel na sociedade. O roteiro original do clipe foi todo desenvolvido por nossa diretora artística MARINA DE OLIVEIRA, focando na FÉ e AÇÃO, sem nenhuma interferência da nossa amada CASSIANE, que também nos conhece e confia. Mas, se não foi compreendido por alguns… Com muito amor, responsabilidade, humildade, e para que esta mensagem poderosa alcance e inspire muitas vidas, sem nenhum ruído, muito em breve vocês poderão assistir à nova versão do clipe A VOZ. Agradecemos a todos que sabem quem somos e nunca duvidaram de nosso objetivo. Caminham conosco há mais de 30 anos, conhecem nossas lutas, campanhas e convicções. Pedimos desculpas a quem eventualmente se sentiu ofendido ou magoado. E convocamos todos a entrarem nesta campanha nas redes sociais, sim, mas efetivamente na prática! FÉ e ACÃO. #Disque180 “Voz que acalma o mar Faz demônios saírem Pode curar e restaurar a vida É a mesma voz que chama para sentar a mesa…” Com amor, MK MUSIC. @marinamkmusic @cassianecantora #AVoz #Cassiane #FamíliaMK

A post shared by MK Music (@mkmusicbrasil) on

Publicidade

Clipe gospel de Cassiane é acusado de romantizar violência contra a mulher

Cassiane pede perdão por clipe gospel polêmico: ‘Houve falha’