in

Eyshila defende Silas Malafaia e deixa de seguir gospel Ana Paula Valadão

A cantora gospel Eyshila acabou se estranhando com a, até então, amiga Ana Paula Valadão, por conta de críticas que esta fez ao pastor Silas Malafaia, que decidiu não fechar seus templos em meio à pandemia do novo Coronavírus.

Publicidade

Ana Paula Valadão decidiu adiar o Congresso Diante do Trono deste ano, e afirmou ontem (18) de forma contundente que alguns líderes estavam manipulando os fieis para frequentarem os cultos nos templos. A orientação das autoridades de saúde do Brasil e do mundo é que as pessoas evitem aglomerações.

“Eu quebro esse jugo, eu quebro essa manipulação que está vindo sobre muitos crentes com argumentos religiosos que você precisa congregar nesse tempo… Isso é tentar o Senhor nosso Deus!”, afirmou.

A cantora gospel Eyshila não concordou com a postura de Ana Paula Valadão, e decidiu defender o pastor Silas Malafaia em suas redes sociais, repostando os vídeos que o religioso divulgou para rebater as críticas vindas da líder do Diante do Trono.

“Quem é acusado publicamente precisa se defender à altura. Querido Pastor Silas Malafaia, estamos juntos nessa batalha contra o vírus, contra o diabo, contra o mundo e, como se não bastasse, contra os irmãos que nos acusam injustamente e irresponsavelmente.”, disse ela.

Eyshila fez questão de anunciar que não foi o pastor Silas Malafaia que começou a polêmica, e que ele estava apenas se defendendo. Ela sugeriu ainda que as pessoas que criticavam o pastor deveriam voltar para a escola bíblica dominical.

PUBLICIDADE

“Vamos ter que voltar pra escola dominical e aprender sobre o princípio da honra a quem tem honra. Que briga mais desnecessária! E que fique registrado expressamente que não foi o meu pastor quem começou. Ele só está se defendendo. Que Deus cure a nossa nação, começando pelos pastores que não respeitam os outros pastores.”, finalizou.

Eyshila, inclusive, parou de seguir Ana Paula Valadão no Instagram. A líder do Diante do Trono, no entanto, a continua seguindo de volta.

Nos comentários, algumas personalidades evangélicas apoiaram Eyshila, como a Bispa Sônia Fernandes (líder da Renascer em Cristo) e o cantor gospel Nani Azevedo. Mas a imensa maioria eram comentários de reprovação à postura dela, e apoio à Valadão.

“Eyshila, você mais do que ninguém deveria saber o que uma doença viral pode fazer. Prevenção é o correto! Decepcionado com você!”, comentou um seguidor. A cantora gospel perdeu um filho por causa de uma meningite em 2016.

Até as 9h desta quinta-feira (19), secretarias estaduais de saúde do Brasil confirmaram pelo menos 529 casos de infecção pelo novo Coronavírus, com 4 mortes no estado de São Paulo. Um homem que morreu em Niterói (RJ) também testou positivo para o vírus, segundo o prefeito da cidade, mas aguarda contraprova. As recomendações é que as pessoas evitem sair de casa, higienizem bem as mãos e evitem contatos íntimos como beijos, abraços e apertos de mão.

Publicidade

Cantor gospel pede que Silas Malafaia feche templos: ‘Pode matar pessoas’

Silas Malafaia volta atrás e cancela cultos de sua igreja após pressão gospel