in

Isadora Pompeo é acusada de racismo no gospel após se pintar de ‘negra’

A cantora gospel Isadora Pompeo foi acusada nas redes sociais de praticar o ato racista “blackface”, onde uma pessoa branca pinta-se para parecer negra.

Publicidade

Em foto publicada no Instagram, Isadora Pompeo apareceu com a pele muito mais escura, e com o cabelo trançado em dreads. A publicação foi apagada após a repercussão negativa.

“Isadora Pompeo ficou preta da noite pro dia é??? Blackface que chama?”, comentou uma seguidora.

“A Isadora Pompeo nera branca? Enquanto nós pretos sofremos racismo por usarmos tranças, por manifestar nossa cultura, somos assassinados por causa da cor, uma branca é aplaudida e vista como descolada! E ainda ousa encher a cara de base para pele negra, achando q ser negro é moda.”, comentou outra.

A cantora gospel publicou então outra foto, na qual pede perdão a quem se sentiu ofendido, e disse que essa não era sua intenção. Ela publicou mais uma foto depois, no mesmo estilo da foto criticada. E decidiu tornar sua conta no Instagram privada, após os comentários negativos.

PUBLICIDADE

Por quê é considerado racista?
O blackface é uma prática que tem pelo menos 200 anos. Acredita-se que ela tenha se iniciado por volta de 1830 em Nova York, e era uma prática na qual pessoas negras eram ridicularizadas para o entretenimento de brancos.

Estereótipos negativos vinham associados às piadas, principalmente nos Estados Unidos e na Europa. No século 19, atores brancos usavam tinta para pintar os rostos de preto em espetáculos humorísticos, se comportando de forma exagerada para ilustrar comportamentos que os brancos associavam aos negros. Também ridicularizavam os sotaques dos personagens que incorporavam nas peças.

O blackface é ofensivo porque prega estereótipos negativos sobre negros. Surgiu nos Estados Unidos para entreter audiências brancas às custas de um grupo minoritário que lutava por seus direitos civis após séculos de escravidão.

Publicidade

Presidente da Assembleia de Deus em Mato Grosso morre de Covid-19

Cantor Samuel, dupla gospel com Daniel, sofre infarto e passa por cirurgia