Cantor gospel Nani Azevedo perde paciência e discute com fãs por política

O cantor gospel Nani Azevedo foi bastante criticado por seguidores essa semana, após publicar em suas redes sociais uma foto bastante polêmica. Trata-se de uma imagem de um grupo feminista encenando, na frente de uma igreja católica, um aborto que seria de Jesus Cristo, para protestar contra a rigidez com que a igreja trata o assunto.

Cantor gospel Nani Azevedo é conhecido no Brasil inteiro.
Cantor gospel Nani Azevedo é conhecido no Brasil inteiro.

De início, Nani Azevedo chegou a dizer na legenda que se tratava de uma cena ocorrida no Brasil, mas logo um seguidor fez questão de desmentir a informação, afirmando que se trata de um ato que ocorreu na Argentina, na cidade de Tucumán, em março de 2017. O cantor gospel, então, consertou a legenda, mas afirmou que “tanto lá [na Argentina] quanto aqui no Brasil, e no mundo, elas [feministas] pensam igual.”

Nani Azevedo é cabo eleitoral de Bolsonaro (PSL) nas redes sociais, e faz campanha aberta para o político. Na referida publicação sobre o feminismo, ele disse que quem votasse em partidos de esquerda estaria ajudando esses grupos e se propagarem, embora não se tenha certeza sobre a ligação das pessoas presentes na foto com partidos de esquerda ou direita. E a publicação do músico evangélico não foi bem recepcionado por alguns seguidores.

Alguns criticaram a escolha de Jair Bolsonaro como sendo o candidato do cantor gospel, e afirmaram que o discurso do militar reformado não condizem com os ensinamentos da Bíblia e do amor de Deus: “A palavra de Deus diz que o que o homem plantar, colherá. Mas nem sempre as atitudes de um grupo tem apoio de membros da esquerda, até porque Deus deu o livre arbítrio. O que eu não posso é compactuar com a violência, racismo e falta de respeito. Reveja seus conceitos em relação ao seu voto, e lembre-se: a nossa morada não é aqui. Estamos vivendo o fim dos tempos.”, escreveu uma.

Outros seguidores criticaram a forma com que o pastor se dirige à esquerda, generalizando, e também por apoiar um candidato que não reflete os princípios de amor previstos no cristianismo. Nani Azevedo, então, se cansou de responder um a um e decidiu comentar de forma geral, para seus críticos, que não precisava que ninguém que discorda dele continuasse a segui-lo.

“O que chateia é ver gente que se diz de Deus apoiar um lixo desses. A opinião dos contra não vai me calar. E pronto! E quem não gostar, pode deixar de me seguir. Não tô aqui atrás de seguidores. Quero ser uma voz pra quem me entende. Só isso”, esbravejou o pastor e cantor gospel.

Confira abaixo a publicação:

Tadeu Ribeiro
[email protected]