in

Governador do Beirute chora por explosão: ‘Como vamos nos recuperar?’

O governador do Beirute (Líbano), Marwan Abboud, chorou durante entrevista à Sky News ao comentar a destruição causada pela explosão na zona portuária da cidade, que a devastou quase completamente.

Publicidade

Marwan disse que nunca tinha visto “uma destruição nesta escala”. Abboud comparou a tragédia ao que aconteceu em Hiroshima e Nagasaki, no Japão, quando os EUA explodiram essas cidades com bombas atômicas.

O líder do Beirute afirmou que o que aconteceu na capital libanesa foi uma “catástrofe nacional”.

PUBLICIDADE

“[A explosão] Parece o que aconteceu no Japão, em Hiroshima e Nagasaki. Isso é o que me lembra. Em toda a minha vida nunca vi uma destruição nesta escala (…) É uma catástrofe nacional. É um desastre para o Líbano. Não sabemos como vamos nos recuperar disto. Temos que nos manter fortes, temos que ser valentes”, afirmou.

Até a tarde desta quarta-feira (05), as autoridades confirmaram 135 mortos e 5 mil feridos. A Cruz Vermelha, que está atuando no país, disse que pelo menos 100 pessoas estão debaixo de escombros. A causa do acidente mais provável foi um depósito de toneladas de material químico mal armazenado que ficavam na região e provavelmente se inflamaram.

Publicidade

Casal de 90 anos se emociona em reencontro após alta do hospital

Cantor gospel Isaias Saad pede namorada em casamento: ‘Ela aceitou’