in

Racismo: Homem diz que entregador de app tem inveja da pele dele

Um entregador de aplicativos de venda de comida online foi insultado com ofensas racistas por um morador de um condomínio de casas no bairro Chácaras Silvania, em Valinhos (SP).

Publicidade

Nas imagens gravadas por um vizinho que acompanhou a discussão, um homem que mora no espaço diz ao entregador que ele tem “inveja disso aqui”, apontando para a própria pele branca.

Na discussão o homem também ofendeu o entregador o chamando de “semianalfabeto”; repete que ele tem inveja da vida que as pessoas que moram no condomínio dele têm; e diz que o profissional não tem onde morar nem “nunca vai ter” nada do que ele estava mencionando.

O caso aconteceu no dia 31 de julho, mas as imagens começaram a circular nas redes sociais nesta sexta-feira (07), e seguem como um dos assuntos mais comentados do Twitter.

PUBLICIDADE

Na ocasião, o entregador registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Valinhos pelos insultos racistas.

À EPTV, afiliada da Globo na região, o trabalhador disse que não era a primeira vez que estava sendo desrespeitado pelo homem, e que já foi xingado antes por não ter conseguido localizar o endereço da casa dele com rapidez.

“Eu falei pra ele que ele não podia fazer mais isso porque ninguém gostava desse tipo de atitude. O que ele faz é pra se mostrar superior as pessoas. Teve um momento que ele cuspiu em mim, jogou a nota no chão e disse que eu era lixo. Na frente da polícia, ele continuou com as agressões, me chamou de favelado”, disse o entregador.

Procurado, o condomínio disse que o agressor em questão não estava em casa. Ele não retornou os contatos diretos da reportagem.

Publicidade

Pastora que casou com cantora gospel: ‘Eu era o Silas Malafaia de saias’

Juliana Paes fala de relação com a Umbanda e seus irmãos evangélicos