Conecte-se conosco

Polêmicas

Internautas querem punição para Bruna Karla após declarações sobre homossexuais

Em uma entrevista de 2021 Bruna revelou que só iria ao casamento de um amigo gay se ele estivesse se casando com uma mulher

Publicado

em

Cantora gospel Bruna Karla -Foto: Reprodução/Redes Sociais

A cantora Bruna Karla, de 32 anos, teve parte de sua entrevista ao podcast ‘Positivamente’, com a ex-atriz Karina Bacchi, divulgada nas redes sociais em que ela fala sobre o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo.

No trecho, Bruna revela que só iria ao casamento de um amigo gay se ele estivesse se casando com uma mulher. “Teve um amigo que me perguntou: ‘Bruna, quando eu me casar você vai no meu casamento?’ Eu olhei para ele e fui bem sincera. Disse assim: ‘Ah, quando você se casar com uma mulher linda e cheia do poder de Deus, eu vou sim’”, contou ela na entrevista.

Ela prossegue: “Estou falando de um amigo, homossexual, que a gente tem essa liberdade, e eu falei que o dia que eu aceitar cantar em um casamento com outro homem, eu posso parar de cantar sobre a bíblia e sobre Jesus”, completou.

Ainda na conversa, Bruna Karla envia um recado aos seus seguidores e fãs homossexuais. “Aos meus queridos ouvintes homossexuais, o que Deus tem para a sua vida é libertação. O que Deus tem para a sua vida é o que ele sonhou para você. Receba todo o meu amor, o meu respeito, porque Jesus não sonhou isso para você”, declarou.

“Lá no julgamento, quando Jesus voltar, se ele estiver, ele vai falar ‘poxa, a Bruna andou comigo, ela sabia que eu estava errado, que o caminho que eu estava escolhendo era de morte eterna’. Eu chego a ficar emocionada porque se a gente abrir a nossa boca para dizer que você não vai para o céu… Gente, é morte eterna, inferno! Já imaginou viver uma condenação eterna? É para sempre que você vai viver aquilo. Acabou. É terrível. Aquele lugar é horroroso”, falou a cantora.

Ainda na entrevista, Bruna Karla deu uma declaração sobre igrejas gays, que também viralizou dias atrás nas redes sociais e em grupos ligados aos evangélicos. “Deus vai pedir conta às pessoas que estão à frente dessas igrejas [inclusivas] porque estão levando todo um povo a viver uma vida completamente contrária”, disse a cantora.

“As pessoas têm mania de pegar a Palavra, e pegar os pontos que agradam, sabe? Os pontos que convém. ‘Me convém isso aqui, então vou pegar esse ponto isolado do versículo e vou viver isso aqui’. Se esquecem que a Palavra é toda, para ser vivida”, contou ela.

O vídeo, que foi compartilhado por um perfil no Twitter, logo viralizou na rede social. O assunto se tornou um dos mais comentados até essa quinta-feira (16/06), e internautas chegaram a pedir uma punição para a artista gospel.

Bruna, que hoje pertence ao cast da MK Music, maior gravadora gospel do País, participou em dezembro de 2021 do Positivamente Podcast, da ex-atriz da TV Globo Karina Bacchi.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página