Conecte-se conosco

Polêmicas

Jurado se pronuncia sobre fala à cantor gospel: “Contexto que me incomoda”

Publicado

em

Samuel Tayrone e Caio Mesquita - Foto: Reprodução

Após ser alvo de críticas de muitas pessoas, Caio Mesquita, se pronunciou em suas redes sociais sobre a fala polêmica que fez no quadro Shadow Brasil Jovens Talentos, no Programa Raul Gil, do SBT. Caio explicou dizendo que apenas fez um comentário sobre a performance do jovem Samuel Tayrone.

Questionado por um seguidor, de que ele teria solicitado ao Samuel que cantasse música secular, Caio Mesquita negou, dizendo que não pediu que o jovem cantasse outros estilos musicais.

“Não é necessário comentar sobre cantores ‘seculares’ cantarem ‘gospel’ justamente porque no ‘secular’ não há segregação. Só há essa proibição em uma parte do mercado gospel. Por isso cabe o comentário (comentário, não pedido, eu não faço pedidos)”, disse.

Caio voltou a afirmar que não gosta de qualquer tipo de segregação na arte. “Sou contra”, afirmou. “Música é universal e os cantores deveriam poder ter suas reais escolhas. Independente de religião ou qualquer outra coisa”, disse.

Mais tarde, Mesquita voltou a falar do assunto, em resposta a mais um seguidor sobre a polêmica. “Você não acha que sugerir que o Samuel cante outro estilo de certa forma está querendo mudar o IDE dele?”, questionou um fã.

Caio respondeu: “Eu não sugeri nada, eu fiz a avaliação da apresentação e expus uma opinião sobre um contexto que me incomoda no mercado em geral”, disse ele.

Publicidade

Em seguida, o jurado do Raul Gil disse que as escolhas são dos participantes e destacou que está no atual cargo do programa há 12 anos e nunca fez sugestões a ninguém.

“As escolhas são deles e eu jamais interferi ou interferirei nisso. Até porque acho uma zona muito perigosa para de adentrar, tendo em vista que posso ser o ‘culpado’ de uma possível desclassificação futura”, disse ele. “Em 12 anos de júri, eu jamais sugeri algo a qualquer candidato. Expor opinião faz parte do meu trabalho e continuarei fazendo dessa forma enquanto estiver nessa função. Gostem ou não”, finalizou.

ENTENDA O CASO

No programa do último sábado (23/04), Samuel Tayrone, assim que finalizou sua nona apresentação no Shadow Brasil Jovens Talentos, foi advertido por Caio Mesquita. Caio não gostou de ver o jovem cantor escolher para a sua apresentação do dia mais uma música gospel.

Publicidade

“Novamente estou repetindo para você, que fica difícil trazer uma coisa nova, uma coisa diferente, surpreender, se superar. Então, eu sei que é difícil, eu sei que há essa segregação, mas eu gostaria muito de te ver cantando algo fora do mundo gospel”, disse Mesquita.

“Alguma música que fale de amor, eu sou super a favor, eu realmente não gosto dessa segregação de que cantor, o cristão só canta música gospel, só canta música que fala somente de Deus, o amor é de Deus. Tem muitas músicas maravilhosas”, completou Caio.

Depois desta declaração, o jurado foi duramente criticado por evangélicos. Já Samuel não se pronunciou sobre o caso, no entanto, ele fez questão de publicar a fala de Caio nas suas redes sociais pedindo apenas a opinião dos seus seguidores. O Programa Raul Gil foi procurado, mas até o momento não se pronunciou sobre o caso.

Publicidade

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário

+ Acessadas da Semana