Conecte-se conosco

Polêmicas

Jurado se pronuncia sobre fala à cantor gospel: “Contexto que me incomoda”

Publicado

em

Samuel Tayrone e Caio Mesquita - Foto: Reprodução

Após ser alvo de críticas de muitas pessoas, Caio Mesquita, se pronunciou em suas redes sociais sobre a fala polêmica que fez no quadro Shadow Brasil Jovens Talentos, no Programa Raul Gil, do SBT. Caio explicou dizendo que apenas fez um comentário sobre a performance do jovem Samuel Tayrone.

Questionado por um seguidor, de que ele teria solicitado ao Samuel que cantasse música secular, Caio Mesquita negou, dizendo que não pediu que o jovem cantasse outros estilos musicais.

“Não é necessário comentar sobre cantores ‘seculares’ cantarem ‘gospel’ justamente porque no ‘secular’ não há segregação. Só há essa proibição em uma parte do mercado gospel. Por isso cabe o comentário (comentário, não pedido, eu não faço pedidos)”, disse.

Caio voltou a afirmar que não gosta de qualquer tipo de segregação na arte. “Sou contra”, afirmou. “Música é universal e os cantores deveriam poder ter suas reais escolhas. Independente de religião ou qualquer outra coisa”, disse.

Mais tarde, Mesquita voltou a falar do assunto, em resposta a mais um seguidor sobre a polêmica. “Você não acha que sugerir que o Samuel cante outro estilo de certa forma está querendo mudar o IDE dele?”, questionou um fã.

Caio respondeu: “Eu não sugeri nada, eu fiz a avaliação da apresentação e expus uma opinião sobre um contexto que me incomoda no mercado em geral”, disse ele.

Em seguida, o jurado do Raul Gil disse que as escolhas são dos participantes e destacou que está no atual cargo do programa há 12 anos e nunca fez sugestões a ninguém.

“As escolhas são deles e eu jamais interferi ou interferirei nisso. Até porque acho uma zona muito perigosa para de adentrar, tendo em vista que posso ser o ‘culpado’ de uma possível desclassificação futura”, disse ele. “Em 12 anos de júri, eu jamais sugeri algo a qualquer candidato. Expor opinião faz parte do meu trabalho e continuarei fazendo dessa forma enquanto estiver nessa função. Gostem ou não”, finalizou.

ENTENDA O CASO

No programa do último sábado (23/04), Samuel Tayrone, assim que finalizou sua nona apresentação no Shadow Brasil Jovens Talentos, foi advertido por Caio Mesquita. Caio não gostou de ver o jovem cantor escolher para a sua apresentação do dia mais uma música gospel.

“Novamente estou repetindo para você, que fica difícil trazer uma coisa nova, uma coisa diferente, surpreender, se superar. Então, eu sei que é difícil, eu sei que há essa segregação, mas eu gostaria muito de te ver cantando algo fora do mundo gospel”, disse Mesquita.

“Alguma música que fale de amor, eu sou super a favor, eu realmente não gosto dessa segregação de que cantor, o cristão só canta música gospel, só canta música que fala somente de Deus, o amor é de Deus. Tem muitas músicas maravilhosas”, completou Caio.

Depois desta declaração, o jurado foi duramente criticado por evangélicos. Já Samuel não se pronunciou sobre o caso, no entanto, ele fez questão de publicar a fala de Caio nas suas redes sociais pedindo apenas a opinião dos seus seguidores. O Programa Raul Gil foi procurado, mas até o momento não se pronunciou sobre o caso.

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário







+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página