in

Ludmila Ferber: ‘Nunca questionei Deus por causa do câncer’

A cantora gospel Ludmila Ferber concedeu entrevista semanas atrás à Veja, quando falou sobre tudo que está enfrentando na vida pessoal, após descobrir um câncer no pulmão que já está metástase no fígado e ossos.

Cantora gospel Ludmila Ferber.
Cantora gospel Ludmila Ferber.

“A princípio, os médicos me deram seis meses de vida. Entrei em choque. Minha primeira reação foi desabar no choro. Entendi naquele dia o que significa de fato “perder o chão”. Sou divorciada e tenho três filhas (de 25, 27 e 29 anos). Meu coração foi direto nelas. Pensei: não posso morrer, não é agora. Sou o esteio da minha família. Tenho uma missão na Terra. Não acabou.”, disse.

A cantora gospel afirmou que não há tratamentos convencionais disponíveis para combater seu câncer, considerado raro pelos médicos.

“Meu caso é inoperável. É uma mutação rara da célula do câncer. Entramos com a quimioterapia mais forte que há para o meu caso, administrada em quatro ciclos de três dias por mês. Mas só piorei. Não estava fazendo efeito, e fui definhando. Não valia a pena continuar com aquilo. Entramos então com um tratamento experimental. Superei etapa por etapa. Cheguei viva um ano depois do diagnóstico, em fevereiro de 2019, mas ainda me sentindo muito mal.”, afirmou.

Ludmila Ferber disse que está passando por tratamentos experimentais, onde toma quimioterapia de forma oral, em intervalos de 14 em 14 dias. O procedimento é seguido de perto por duas equipes médicas, uma de São Paulo e outra do Rio de Janeiro.

“Hoje estou em um segundo tratamento experimental, encabeçado por duas equipes médicas, uma no Rio de Janeiro e a outra em São Paulo, que consiste em uma quimioterapia oral por catorze dias seguidos e catorze dias de pausa. Assim tenho vivido.”, conta.

A cantora gospel também lembrou de quando perdeu o cabelo, considerado um processo difícil para boa parte dos pacientes com câncer, por afetar a imagem física.

“No começo de tudo, um momento marcante foi quando perdi o cabelo. Estava com minhas três filhas, e, enquanto uma raspava minha cabeça, outra segurava o celular. A terceira, que mora fora, nos acompanhava via FaceTime. Tivemos esse momento especial.”, lembra.

Ludmila Ferber disse que nunca questionou Deus por conta da doença, e que, se for da vontade dEle que ela parta, fará sem medo algum.

“Nunca questionei Deus por causa da doença. Uma das minhas músicas se chama Nunca Pare de Lutar, e estou vivendo isso. Sou um exemplo de guerreira para minhas filhas, e continuarei sendo. Apesar de tudo, percebi que não tenho medo de morrer. Existe um versículo na Bíblia que afirma que “viver é Cristo, e morrer é lucro” — só brinco de dizer que esse lucro eu não quero tão cedo (risos).”, brinca.

A mensagem de esperança que a cantora gospel transmite em suas redes sociais chama a atenção de todos, que veem em Lud – como é carinhosamente chamada pelos amigos – uma pessoa muito guerreira.

“Ainda não venci o câncer, mas sigo no caminho. O que vem amanhã, não sei.”, conclui.

Ludmila Ferber revela ao gospel momento íntimo com Joelma em casa

Netflix lançará série Messiah, que mostrará 2ª vinda de Jesus Cristo