Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Lula diz que Bolsonaro manipula os evangélico e ‘é possuído pelo demônio’

Publicado

em

Lula e Bolsonaro - Foto: ISAAC FONTANA/CJPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Lula (PT), ao lançar oficialmente nesta terça-feira (16/08), sua candidatura à Presidência da República, acusou o presidente Jair Bolsonaro (PL) de tentar manipular a boa-fé de evangélicos e disse que Bolsonaro é “possuído pelo demônio”.

Em seu 1º discurso no período oficial de campanha eleitoral, o candidato do Partido dos Trabalhadores, afirmou que o presidente manipula evangélicos e o chamou de “fariseu”, “fajuto” e “genocida”. Também voltou a dizer que o atual mandatário não se preocupa com a geração de empregos e o combate à fome.

O ex-presidente falava sobre a responsabilidade de Bolsonaro sobre as mais de 600 mil mortes ocorridas na pandemia, quando afirmou: “Você foi negacionista, você não acreditou na ciência, não acreditou na medicina, não acreditou, você acreditou na sua mentira. Se tem alguém que é possuído pelo demônio é esse Bolsonaro”.

Em um discurso de pouco mais de 20 minutos, o candidato do PT fez referência à flexibilização da venda de armas do governo Bolsonaro. “Presidente fajuto, presidente genocida, a gente não quer um governo que distribua armas, a gente quer um governo que distribua livros”, disse Lula.

O candidato ao Planalto, também prometeu aos trabalhadores que a primeira medida que tomará será reajustar a tabela do imposto de renda.

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página