Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Luto: Evangelista Billy Graham morre aos 99 anos nos EUA

Publicado

em

Conhecido como o “conselheiro dos presidentes”, Billy foi uma referência para o mundo todo. Graças a seu carisma, atraía multidões de fieis por onde passava. Cerca de 77 milhões de pessoas o assistiam periodicamente em seus programas televisivos.

Ele se tornou capelão oficial da Casa Branca a partir do mandato do presidente Harry Truman (1945-1953), e permaneceu no cargo deste então. Mas ele não se restringiu aos EUA, já que era admirado por líderes do mundo inteiro. Segundo sua associação, ele já visitou cerca de 195 países, e foi responsável pela conversão de 3 milhões de pessoas, aproximadamente, em todo o mundo.

Billy Graham e o ex-presidente George W. Bush.

O atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, utilizou sua conta no twitter para prestar suas homenagens à Billy, dizendo que ele fora um homem muito bom, e que com certeza fará uma falta tremenda: “Não havia ninguém como ele. Ele fará falta aos cristãos e a todas as religiões. Um homem muito especial”, disse ele.

Billy Graham e o ex-presidente Barack Obama

O ex-presidente George W. Bush também se pronunciou, dizendo que ele foi seu amigo pessoal de anos: “Acho que Billy tocou os corações não só dos cristãos, mas de pessoas de todas as crenças, porque ele era um homem muito bom”, afirmou. Já Barack Obama, último a ocupar a cadeira principal na Casa Branca, disse que o pastor foi um exemplo de bondade, um “servo humilde que rezava por muitos”.

Publicidade

Ele lembrou a influência que Graham exercia sobre os americanos: “Com sabedoria e graça, ele deu esperança e orientação a gerações de americanos”, concluiu. Billy Graham tinha fama entre cristãos e adeptos de outras religiões.

Em junho de 2014, Ruth Bell Graham, esposa de Billy, faleceu também em sua casa. Eles foram casados por várias décadas. O evangelista já vinha sofrendo com diversos problemas, principalmente a doença de Parkinson, além do enfrentamento de um câncer de próstata e pneumonia. Sua última cruzada evangelística aqui no Brasil ocorreu em 2010, em Minas Gerais. Ele também veio em 2008, 2000 e 1960.

Publicidade
1 Comentário

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário

+ Acessadas da Semana