Mara Maravilha amarga rejeição na música gospel após polêmicas

Mara Maravilha, que já foi uma cantora gospel de renome no cenário brasileiro, segue com dificuldades em sua carreira profissional.

Cantora gospel Mara Maravilha na Marcha Para Jesus 2019.
Cantora gospel Mara Maravilha na Marcha Para Jesus 2019.

Dispensada do programa de fofocas no SBT que comandava, o “Fofocalizando”, Mara Maravilha continua na geladeira da emissora, fazendo participações esporádicas em programas da casa, como no “Jogo dos Pontinhos” de Silvio Santos.

Acontece que não é só na TV que Mara perdeu espaço. O público gospel também não a enxerga mais com os mesmos olhos.

Desde que começou a gravar músicas românticas “não-evangélicas”, Mara Maravilha distanciou-se do mercado evangélico, participando de reality shows como “A Fazenda” e comandando programas de fofocas.

A saída da apresentadora do programa, inclusive, teria sido por conta de uma briga com a também apresentadora Lívia Andrade.

Não deu outra. Diversas igrejas pararam de convidá-la para ministrar, e seu testemunho não é bem visto entre os líderes do movimento.

Após ficar sem programa, por exemplo, Mara Maravilha até chegou a cantar na Marcha Para Jesus deste ano, mas foi bastante criticada nas redes sociais pelos evangélicos.

“Evangélica? Precisa se converter primeiro né? Gosta é de fofocar e falar da vida do povo na televisão”, comentou uma seguidora nas redes de Mara.