Marco Feliciano diz que Cabo Daciolo se vingou dele após polêmicas

O pastor Marco Feliciano, reeleito este ano ao cargo de deputado federal (PODE-RJ), falou durante entrevista no programa do Pânico na rádio Jovem Pan, sobre as acusações feitas pelo candidato derrotado à presiência Cabo Daciolo (PATRIOTA), de que o pastor seria ligado à maçonaria. Os dois religiosos travaram embates durante a corrida eleitoral. Após o primeiro turno, os dois chegaram a discutir no plenário da Câmara dos Deputados, e Daciolo chegou a dizer que Feliciano possuía até uma pomba-gira em seu corpo.

Marco Feliciano rebate acusações de Cabo Daciolo.
Marco Feliciano rebate acusações de Cabo Daciolo.

Na entrevista concedida, Marco Feliciano disse que as palavras de Cabo Daciolo foram dadas como forma de vingança, pelo fato de não ter recebido apoio para sua candidatura à presidência no primeiro turno: “Cabo Daciolo é uma figura excêntrica e por eu e Malafaia termos apoiado o Bolsonaro [para presidente] ele encontrou uma maneira de se vingar da gente”.

O pastor Marco Feliciano também disse que não foi provado nada contra ele, sobre sua participação na maçonaria, que ainda é vista por parte do eleitorado evangélico como uma “seita” que deve ser evitada: “É uma coisa de menino. A Bíblia diz que não posso chamar meu irmão de louco, então vou dizer que ele é excêntrico e faltou caráter para ele. Quando você acusa uma pessoa de alguma coisa você tem de provar antes”, disse.

Assista abaixo:

Tadeu Ribeiro
[email protected]