Conecte-se conosco

Gospel

Morre Afonso Cruz, pai da dupla gospel Rayssa e Ravel

A notícia da morte foi divulgada pela dupla gospel nas redes sociais neste domingo

Publicado

em

Afonso Cruz, pai da dupla Rayssa e Ravel - Foto: Arquivo Pessoal

Morreu neste domingo (12/06), Afonso Cruz, pai dos irmãos Rayssa e Ravel. A notícia da morte foi divulgada pela dupla gospel nas redes sociais neste domingo. A causa da morte não foi revelada, mas o idoso estava internado em um hospital.

Afonso era cantor e foi inspirador para a dupla cristã. “Passou para os braços do Senhor Jesus nesta tarde. Pedimos orações e que o Espírito Santos venha consolar toda a família”, disse a nota da dupla nas redes sociais.

Também pelas redes sociais Rayssa Peres revelou que foi a última a visitar o pai, na manhã deste domingo. “Te entreguei recados, cantei pra você, orei com você. Você estava sedado, mas chorou quando cantei aquele nosso hino matinal. Quase morri! Chamei o enfermeiro e perguntei se você estava me ouvindo e se era normal você chorar”, disse a cantora.

Segundo a artista, o enfermeiro confirmou que Afonso a ouviu, apesar de não se mover e nem abrir os olhos. Depois que a cantora deixou o hospital, seu pai veio a falecer.

“Sei que você deu meu recado pra Jesus assim que chegou no paraíso. Você foi o melhor pai do mundo. Eu te amarei eternamente! E em breve nos encontraremos. Amor eterno e dor indescritível. Voltou pra casa o homem mais incrível que já conheci! Que orgulho de ser sua filha”, escreveu Rayssa.

Ravel também se despediu do pai em uma postagem nas redes sociais. “Palavras jamais irão explicar o tamanho da dor que estamos sentindo! Meu amigo confidente e companheiro conselheiro se foi! Deus recolheu para si meu paizinho! Ele se foi, mas deixou um legado e um grande exemplo de homem de caráter , pacificador! Um grande exemplo de homem para mim! Saudade que grita! Te amo meu Pai. Até logo!”, disse o cantor.

O velório acontece na manhã desta segunda-feira (13/06), a partir das 08h horas no Cemitério Municipal do Bananal Guapimirim, no Rio de Janeiro, e o sepultamento será às 11h.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página