in

Morre aos 90 anos Thomas Monson, presidente da igreja dos mórmons

Publicidade

O 16º presidente da igreja Mormon, Thomas S. Monson, morreu aos 90 anos em sua casa no estado norte-americano de Utah, na terça-feira (2). A religião é considerada uma das mais ricas e com crescimento mais rápido do mundo.

Ele passou mais de cinco décadas prestando serviço para os principais conselhos de liderança da igreja – tornando-se um rosto bem conhecido para várias gerações de mórmons. Seu predecessor, Gordon Hinckley, morreu aos 97 anos no final de 2007, segundo a Reuters.

Monson nasceu em Salt Lake City, tornou-se o mais jovem apóstolo da igreja, aos 36 anos, em 1963. Ele foi conselheiro de três presidentes da igreja antes de assumir o papel de líder principal da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em fevereiro de 2008, de acordo com a Associated Press.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias –como a religião é conhecida oficialmente– tem cerca de 15,8 milhões de membros por todo mundo, dos quais mais da metade mora fora dos Estados Unidos, o país de origem da religião.

PUBLICIDADE

O seu sucessor não foi imediatamente nomeado, mas a expectativa é a de que assuma Russell M. Nelson, que é o membro mais antigo do Quórum Governante dos Doze Apóstolos, seguindo protocolo da igreja.

(G1)

Publicidade

TV Globo exibiu primeiro beijo gay da novela adolescente Malhação

Jovem que teve testa tatuada com “Sou ladrão e vacilão” se batiza na Renascer