Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Morre o Pastor Airton Pulquério, da Assembleia de Deus de Cuiabá

Publicado

em

O pastor Airton Juvino Pulquério, da igreja Assembleia de Deus de Cuiabá (MT), morreu em decorrência de uma sepse e pneumonia. A morte do religioso foi atestada na última segunda-feira (01/11), às 22h49, e foi bastante lamentada pela comunidade evangélica, bem como por políticos mato-grossenses.

O pastor contraiu a Covid-19 em fevereiro deste ano e precisou ficar internado por 21 dias. Mas, após se recuperar da doença, Airton teve sua condição renal agravada e começou a tratar a enfermidade em um hospital particular de Cuiabá, inclusive, precisou fazer hemodiálise.

Airton Juvino Pulquério era hipertenso e diabético, e no meio do tratamento pegou uma sepse, e em razão disso, seu quadro de saúde piorou, evoluindo inclusive para uma pneumonia e síndrome mielodisplasia . Ele foi enterrado nesta terça-feira (02/11).

SOBRE AIRTON PULQUÉRIO

Airton Pulquério era um dos pioneiros da Igreja Assembleia de Deus em Cuiabá, tendo forte atuação nas regiões do Parque Universitário, Recanto dos Pássaros, Santa Cruz e Jardim Imperial. Atualmente, ele desempenhava a função de pastor auxiliar.

O pastor era casado com Gentila Pulquério e tinha sete filhos. Além disso, tinha 26 netos e 7 bisnetos. Um dos filhos do religioso lamentou a morte do pai pelas redes sociais: “Descansa em paz meu pai pois aqui estaremos seguindo todos os seus ensinamentos e exemplos. Te amo demais”, escreveu Marcos Pulquério.

A Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus do Estado de Mato Grosso (Comademat) lamentou a perda do líder religioso. Além disso, a Assembleia Legislativa do Mato Grosso (Almt) também publicou uma nota de pesar pelo falecimento de Airton.













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página