in

Mulher que recebeu visita de filho na janela de UTI morre olhando para ele

O palestino Jihad Al-Suwaiti, de 30 anos, ganhou o mundo nos últimos dias após aparecer de plantão do lado de fora de uma janela de um hospital em Hebron, na Cisjordânia, onde sua mãe estava internada lutando contra a Covid-19.

Publicidade

Segundo o canal AJ+, da rede Al Jazeera, a mulher não resistiu: Rasmi Suwaiti tinha 73 anos e lutava contra uma leucemia quando foi diagnosticada com a Covid-19. Cinco dias após ser hospitalizada, ela morreu.

Em entrevista à CNN Brasil, o irmão de Jihad, Youssef, revelou que a mãe deles morreu enquanto Jihad olhava para ela pela janela.

PUBLICIDADE

“Ela estava no terceiro andar, então ele subia nos canos, se arranjava de algum jeito e subia na janela todo dia e ficava sentado olhando para ela, e ela para ele, um olhando para o outro. Ela morreu com ele olhando pela janela”, contou Youssef.

Jihad também falou à CNN Brasil, e afirmou que não fez nada mais do que sua obrigação ao tentar acompanhar a mãe para ver se ela estava se recuperando bem, mesmo que de longe, e em meio às dificuldades.

Publicidade

R.R. Soares e esposa perdem passaportes diplomáticos na justiça

Chris Flores defende Cassiane em polêmica gospel: ‘Vamos ter perdão’