Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Padre que atropelou ladrão é afastado de paróquia: “Profundamente arrependido”

Publicado

em

Gustavo Trindade dos Santos, de 37 anos, atropelou um homem suspeito de furtar uma casa paroquial de uma igreja católica - Foto: Reprodução/Redes Sociais

No último sábado (07/05), um padre atropelou um homem suspeito de furtar uma casa paroquial de uma igreja católica, em Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo. Ele foi embora após a ação e era procurado para prestar esclarecimento.

Gustavo Trindade dos Santos, de 37 anos, perseguiu o ladrão após o mesmo furtar a igreja católica onde é pároco. Ao avistar o homem correndo na calçada, não pensou duas vezes e jogou o veículo que dirigia para cima do suspeito.

O atropelamento aconteceu por volta de 20h45 de sábado e foi flagrado por uma câmera de segurança de um estabelecimento no local. Nas imagens é possível ver o motorista dando marcha à ré, manobrando no asfalto e indo embora [veja abaixo].

Procurada pela imprensa, a Diocese de Ourinhos disse que Gustavo está “profundamente arrependido” por conta do ato.

No documento, a entidade religiosa também afirmou que o padre está afastado de suas funções na igreja por conta do ocorrido. Segundo a Diocese, o pároco segue colaborando com a Justiça “para que os fatos sejam esclarecidos”.

O pároco também se colocou à disposição para ser responsabilizado por atropelar o ladrão, que foi identificado como Ângelo Nogueira. Ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa da cidade por conta do incidente.

“O frei Gustavo se encontra profundamente consternado e arrependido pelo trágico desfecho e conclama a todos os fiéis por orações pela vida do senhor ngelo Nogueira, que está em recuperação na UTI da Santa Casa da cidade”, disse a nota da instituição religiosa; leia ao comunicado completo no final desta matéria.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Além de tentativa de homicídio, o responsável pelo atropelamento pode responder por omissão de socorro. Ele era o responsável pela Paróquia de São Sebastião há pouco mais de 60 dias.

Já o ladrão, teve a prisão em flagrante por furto decretada, mas segue internado. Ele entrou na igreja após arrombar a janela e fugiu levando da casa paroquial três moletons e uma camiseta. No momento da abordagem, o suspeito ainda estava com peças de roupas levadas da paróquia.

Nota divulgada pela Diocese sobre o atropelamento em Santa Cruz do Rio Pardo – Foto: Diocese de Ourinhos

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário







+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página