in

Pastor da Assembleia de Deus morre de Covid-19 dias após comemorar melhora

O pastor Jairo Érico Clementino, líder da Igreja Assembleia de Deus do Tabuleiro do Martins (AL), morreu no último sábado (30), por causa da Covid-19, causada pelo novo Coronavírus.

Publicidade

Além de pastor da Assembleia de Deus, Jairo era ex-diretor da Santa Casa de Misericórdia de São Miguel dos Campos (AL), e foi internado há 9 dias em um hospital particular de Maceió com saturação baixa nos pulmões, após testar positivo para a Covid-19.

Na última semana, o pastor chegou a enviar uma mensagem aos fieis de sua igreja, afirmando estar melhor de seu estado de saúde, o que tranquilizou os evangélicos.

“Boa notícia: estou há 30 horas sem febre. Depois de seis noites sem dormir (apenas rápidos cochilos) esta noite dormi bem. Estou voltando, ainda que lentamente, a sentir sabor e cheiro.Continuo respirando com ajuda de oxigênio artificial contínuo. Obrigada pelas orações”, disse o pastor, segundo o portal Alagoas 24 Horas.

PUBLICIDADE

O quadro de saúde de Jairo Clementino, no entanto, acabou se agravando mais tarde, culminando em óbito na madrugada do sábado (30). O pastor também era diabético.

A morte dele foi confirmada pela Assembleia de Deus de Alagoas, que emitiu uma nota de pesar em suas redes sociais.

Até às 10h desta segunda-feira (01/06), as secretarias estaduais de saúde do Brasil já anunciaram a confirmação de 514.992 pessoas infectadas em todos os estados e no DF, com 29.341 mortes em todas as regiões do país pela Covid-19, segundo o G1.

View this post on Instagram

Nota da @umadeneoficial sobre Pr. Jairo Clementino

A post shared by AD Alagoas (@adalagoasoficial) on

Publicidade

Evangélico, Yudi diz que tentou ser gay mas não conseguiu: “Tinha bloqueio”

Cantora gospel contrai Covid-19, é internada em UTI e família pede orações