Conecte-se conosco

Polêmicas

Pastor batista diz que “Mendigos têm dever bíblico de passar fome”

Publicado

em

Pastor Marcos Granconato, da Igreja Batista Redenção de São Paulo - Foto: Reprodução/Instagram

Um pastor evangélico surpreendeu ao publicar em uma rede social que “mendigos têm o dever cívico de passarem fome”. Logo a fala viralizou e o religioso foi bastante criticado por internautas.

O responsável pelas falas foi o pastor Marcos Granconato, líder da Igreja Batista Redenção de São Paulo. Ele, que mantém um perfil com posts com críticas à esquerda e muitas pautas teológicas, disse que “a maioria dos mendigos têm o dever bíblico de passar fome, pois Paulo diz aos Tessalonicenses: se alguém não trabalha, que também não coma”, disse ele.

A declaração do pastor foi publicada por ele em seu perfil no Facebook no último domingo (01/05). Após a postagem, centenas de internautas criticaram o religioso. A imprensa também repercutiu o caso.

O pastor tem mais de 20 mil seguidores no Facebook e 32,8 mil no Instagram. Segundo sua página, ele estudou Direito na Universidade São Francisco e História Eclesiástica no Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper, ambas instituições de São Paulo.

Logo após a polêmica, Marcos esclareceu que não se referia aos moradores de rua em geral, ou aos pobres em geral. Na visão do pastor, a Bíblia fala de vários tipos de pobres, que devem ser ajudados, mas também fala sobre os que estão miseráveis porque não trabalham.

Ele também afirmou que publicaria uma nota para esclarecer melhor sobre sua declaração.

  • RECEBA NOTÍCIAS DO PORTAL DO TRONO DIRETAMENTE DO WHATSAPP!
1 Comentário

1 Comentário

  1. Francisco José

    4 de maio de 2022 a 19:48

    Exemplo do cidadão de bem, conservador, cristão defensor da moral e bons costumes. A cada dia mais deles são das sobras para expor suas opiniões.

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário













+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página