in

Pastor com Covid-19 sai do coma após médico orar por ele

O pastor do Queens (Nova Iorque), Benjamin Thomas, foi infectado pelo novo Coronavírus e contraiu a Covid-19, precisando ser internado no Hospital ‘Mount Sinai’ em 19 de abril.

Publicidade

Tudo começou com uma febre que não baixava por nada: “Tomei Tylenol, Motrin, mas a temperatura não estava caindo”, lembra o pastor.

Ele foi até o hospital e testou positivo para a Covid-19. Foi então os médicos, sob liderança do Dr. Robin Varghese, revelou ao pastor que ele teria que ser internado por conta de seu estado.

“Eu estava de plantão naquela noite e ele estava na pior forma e muitos dos membros da nossa equipe que estavam torcendo por ele também estavam perdendo as esperanças, assim como eu”, disse o Dr. Varghese em um vídeo compartilhado pelo hospital Mount Sinai.

O estado de saúde do pastor só piorava, e a equipe médica não sabia mais o que fazer para reverter a doença. Até que o chefe do departamento cardíaco do hospital, que estava tomando conta do pastor pessoalmente, resolveu orar a Deus.

“Naquele momento, eu realmente entrei no quarto dele já tarde da noite. Eu estava de plantão, como eu disse, e realmente confessei a Deus que não havia mais nada que eu pudesse oferecer. O Senhor tinha que assumir. Demos ao pastor tudo o que a medicina moderna poderia dar”, disse o cirurgião cardíaco.

PUBLICIDADE

A partir daquela noite, o pastor começou a apresentar melhoras, depois que os médicos passaram a ter ideias de tratamentos alternativos.

“Aquela foi realmente a pior noite dele e, desde então, ele começou a fazer um progresso muito lento, mas constante. Seus pulmões estavam destruídos pelo vírus Covid-19 e ele esteve em coma induzido por mais de seis semanas. Em meados de maio, começamos a ver a esperança de que ele conseguiria e estamos muito felizes que ele continuou a progredir e despertou do coma”, disse o Dr. Varghese.

Agora recuperado, o pastor Benjamin enviou uma mensagem de esperança para a igreja que lidera em Nova Iorque:

“Nunca desista. A oração funciona. Não importa o que aconteça. Nós vemos milagres … eu sou um milagre vivo. A oração da igreja funciona”, disse ele. “Eu ‘morri’ duas vezes pelo menos nos últimos quatro meses e Deus me manteve. Deus me trouxe de volta para cumprir esse propósito”, acredita.

Publicidade

Cantora gospel Ludmila Ferber faz novos exames na luta contra câncer

Começa corrida judicial para ocupar presidência da Assembleia de Deus em MT