Conecte-se conosco

Mais Conteúdo

Pastor é espancado por fiéis após tentar fazer sexo com mulher casada a fim de ‘livrá-la de maus espíritos’

Publicado

em

Profeta KBY Nsonyameye, líder da Capela Graceland em Gana - Foto: Reprodução

Uma pequena cidade em Gana, na África, foi palco de um escândalo recente envolvendo o líder da Capela Graceland, o Profeta KBY Nsonyameye. O religioso foi espancado e expulso da cidade de Awutu Breku após ser flagrado tentando se envolver em atividades inadequadas com uma mulher casada.

De acordo com relatos do site “Modern Ghana”, Nsonyameye defendia uma controversa “teologia”, alegando que ter relações sexuais com ele era uma forma de realizar uma limpeza espiritual, livrando as fiéis de supostos espíritos malignos.

O incidente ocorreu quando o marido e parentes de uma mulher casada armaram um flagrante. A vítima havia procurado o pastor em busca de aconselhamento, alegando problemas no casamento. O líder religioso, por sua vez, sugeriu que a solução para os problemas seria ter relações íntimas com ele.

Ao confrontar o pastor no ato, o grupo não poupou esforços, espancando-o e expulsando-o da casa. A comunidade local, indignada, juntou-se aos parentes e continuou os espancamentos antes de banir Nsonyameye da cidade, alertando-o para não retornar.

O incidente levou o líder religioso a ser denunciado à polícia local. Vale ressaltar que essa não é a primeira vez que Nsonyameye se envolve em polêmicas, uma vez que ele já havia sido interrogado no ano anterior por um incidente relacionado a uma menor.

🔔 SIGA O PORTAL DO TRONO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI PARA RECEBER NOTÍCIAS DIRETO NO SEU CELULAR!

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página