in

Pastor Edilson, Presidente da Igreja El Shaddai, morre de Covid-19

O pastor presidente da Igreja El Shaddai Campo Grande, Edilson Vicente da Silva, de 61 anos, morreu nesta quarta-feira (19) em decorrência da Covid-19. O religioso também era pai do vereador Papy (Solidariedade).

Publicidade

Edilson estava internado no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul e sucumbiu à doença. Ele sentiu os primeiros sintomas em 17 de julho. O vereador Papy, filho do pastor, também contraiu o vírus, mas conseguiu se recuperar durante o período de isolamento.

A Igreja El Saddai Campo Grande emitiu uma nota de pesar em seus perfis na internet, lamentando a morte do pastor Edilson.

“Ele foi recolhido para estar com o Senhor, mas os seus feitos e a sua influência permanecerão vivos ecoando na vida de milhares de discípulos, líderes, pastores e apóstolos que tiveram a imensa alegria de fazer parte de sua história”, diz o texto.

PUBLICIDADE

A igreja chegou a promover várias campanhas de oração pela recuperação do pastor, acampando, inclusive, na porta do hospital onde o religioso estava internado.

A Câmara Municipal de Campo Grande (MS) decretou luto oficial de 3 dias pelo falecimento do pastor.

Até às 13h desta quinta-feira (20/08), o consórcio de veículos de imprensa formado pelo Grupo Globo, Estadão e Folha/UOL, anunciou o número de 3.462.036 pessoas infectadas em todos os estados e no DF, com 111.243 mortes em todas as regiões do país, pela Covid-19.

Pastor Edilson, da Igreja El Shaddai.
Pastor Edilson, da Igreja El Shaddai.
Publicidade

Mulheres Evangélicas denunciam clipe gospel de Cassiane ao MP-RJ

Felipe Heiderich diz: “Bianca Toledo não achou que eu ia sobreviver”