Pastor volta a enxergar após 14 anos milagrosamente: ‘Deus fez o que médicos não conseguiram’

Cerca de 14 anos atrás, o pastor Philip Dunn da Igreja Valley Christian Assembly perdeu a visão em decorrência à uma degeneração macular.

Pastor estava cego há 14 anos.
Pastor estava cego há 14 anos.

O pastor foi informado pelos médicos de que não enxergaria por, possivelmente, vários anos. No entanto, Dunn começou a ver pontos negros em poucos meses, um sinal revelador do mistério que estava por vir.

Apesar do diagnóstico dado pelos médicos, o pastor acreditava que sua visão seria restaurada um dia. Essa crença, no entanto, precisou ser ainda mais forte quando outro problema sério com o olho de Dunn se transformou em uma bênção inesperada.

Em agosto de 2018, o pastor começou a sentir dor de cabeça e dor intensa no olho esquerdo. É que uma das cataratas de Dunn se rompeu, o que criou a possibilidade de mais danos ao seu nervo óptico. O religioso precisou, então, de uma cirurgia para remover a agora perigosa catarata.

Após a cirurgia, o pastor removeu em casa o adesivo sobre o olho inchado, e, para sua surpresa, ele podia ver a sala de jantar e até se arriscou a entrar na cozinha para ver sua esposa, pela primeira vez em 14 anos.

O cirurgião-responsável também não encontrou sinais da doença após fazer alguns exames. Duas semanas depois, Dunn passou por uma segunda cirurgia para remover a catarata do olho direito. Esse olho também recuperou sua visão milagrosamente.

“Os médicos fizeram o que puderam. Deus fez o que eles não puderam”, comemorou.

O primeiro sermão do pastor Dunn após o incidente foi sobre o cego a quem Jesus curou na Bíblia.