Pastor evangélico mata outro pastor a facadas após briga por Bíblia

Um pastor evangélico acabou preso há alguns dias em Timbaúba, na Zona da Mata de Pernambuco, após matar a facadas outro pastor, por causa de uma discussão sobre a Bíblia Sagrada.

Pastor Paulo Germano (vítima, à esquerda) e José Carlos (agressor, à direita).
Pastor Paulo Germano (vítima, à esquerda) e José Carlos (agressor, à direita).

O crime ocorreu por volta das 5 horas da manhã, no bairro do Cruzeiro, depois que José Carlos da Silva, de 52 anos, e Paulo Germano da Silva, de 58 anos, discutiram.

Na briga, o pastor José Carlos desferiu golpes de faca em Paulo Germano, que também era pastor evangélico.

Segundo a polícia, os dois acabaram se desentendendo após discordarem sobre uma passagem da Bíblia. Paulo Germano ainda tentou fugir quando começou a ser agredido, mas o pastor José o atingiu com uma pedra.

A vítima não resistiu e morreu no local. A polícia chegou instantes depois, e prendeu José Carlos em flagrante.

O pastor que matou foi encaminhado para o Presídio de Limoeiro, e responderá por homicídio qualificado.

A polícia não informou qual a denominação dos dois religiosos. A população segue perplexa com a brutalidade do assassinato e a futilidade da motivação do crime.