Conecte-se conosco

Mundo Cristão

Pastor Marcos Davis se muda para a Europa após ataques racistas

Publicado

em

Marco, Débora Davis e Noah - Foto: Arquivo Pessoal

O pastor Marcos Davis precisou deixar o Brasil para proteger sua família de ataques racistas que vinha sofrendo após o nascimento de seu filho. Atualmente, o líder espiritual mora em Londres, na Inglaterra, juntamente com sua esposa e seu filho de apenas um ano.

Em 2021, logo depois do pequeno Noah nascer, Marcos Davis foi alvo de comentários maldosos e racistas pelo fato da criança ter nascido “menos negra” que os pais. Naquele ano, Marco e Débora Davis deram à luz ao pequeno Noah Davis, em 19 de agosto, em Goiânia (GO).

Depois disso, publicaram uma foto do momento da chegada do recém-nascido nas redes sociais. Mas, foram alvos de ataques racistas após a publicação da imagem. Eles receberam mensagens e comentários do tipo: “Tenho minhas dúvidas se o menino é filho deles”, “O menino foi trocado na maternidade”, “Não tem cabimento pais negros gerarem filho branco” e “Estranho a cor do garoto em relação aos pais”.

Segundo o pastor, outros motivos o fizeram deixar o Brasil. Entre eles o cenário de crise e a insegurança, além da desigualdade e guerra política.

“Esses foram fatores que estimularam muito a nossa decisão. Não quero que meu filho cresça em um ambiente de violência, caos e desrespeito como estávamos vendo”, pontua Marcos Davis que afirma ter hoje melhor qualidade de vida e possibilidades de crescimento pessoal e econômico na Europa.

Hoje, Marcos Davis serve como pastor auxiliar na AD. Ministério Vida em Wembley, sua atual igreja. “Também atendo convites para ministrar no Reino Unido e outros países da União Europeia”, ressalta ele que diz estar vivendo uma experiência muito impactante. “Tenho visto pessoas de outras línguas e nações serem tocadas e transformadas pelo poder de Deus e sua Palavra”, coloca.

Um ministério focado na Palavra de Deus

O pastor Marcos Davis atua diretamente com o Ministério da Palavra e o Ministério Profético. “Tenho sido um instrumento de Deus para levar vidas ao verdadeiro e genuíno arrependimento. Minha missão aqui também é motivar essas pessoas a viverem uma vida de experiências com o Espírito Santo”, coloca o líder espiritual.

Ainda segundo Davis, muitos jovens e famílias o buscam para serem aconselhados. “É através da fé, da renúncia e do discipulado que as pessoas conseguirão avançar. Creio que cada vez mais as pessoas serão liberta

+ Acessadas da Semana

Você não pode copiar o conteúdo desta página