in

Pastor que minimizou Coronavírus morre de Covid-19 aos 54 anos

O pastor Derly da Silva, de 54 anos, que liderava a Igreja Assembleia de Deus Missão para Todos, em Vila Nova de Colares, na Serra (ES), faleceu na manhã desta segunda-feira (13), após ficar mais de um mês internado por conta da Covid-19, causada pelo novo Coronavírus.

Publicidade

Nas redes sociais, o pastor Derly Silva chegou a minimizar os impactos do novo Coronavírus em publicações do mês de maio, bem como o número de mortes da doença. O religioso também compartilhou notícias falsas sobre os óbitos por Covid-19 e as medidas adotadas pela Câmara dos Deputados, além de defender o uso da hidroxicloroquina, que não tem comprovação de sua eficácia pela ciência. Confira abaixo:

O pastor evangélico casou há apenas seis meses com a cantora gospel Rosângela Borel, de 47 anos, que também pegou a Covid-19. Ela afirmou que seu marido não tinha nenhuma comorbidade, como diabetes e hipertensão, por exemplo.

A cantora gospel contou ainda que o pastor Derly começou a sentir os primeiros sintomas no dia 2 de junho, e que após alguns dias procurou atendimento na UPA de Serra-Sede.

“Ele estava tossindo muito nesse início. Na primeira vez fomos atendidos e voltamos para casa porque era para fazer o isolamento. Mas meu marido não melhorou e voltamos no dia 9 de junho, que foi quando fizeram o teste de swab, mas mandaram a gente para casa de novo”, contou ao site Tribuna do Norte.

PUBLICIDADE

O religioso acabou sendo transferido para outros hospitais, até chegar no Hospital Jayme dos Santos Neves, também na Serra, onde permaneceu internado até morrer, nesta segunda-feira.

“Ele não tinha nenhum problema de saúde, era saudável. No começo, os médicos disseram que um pulmão dele estava bastante tomado, mas depois melhorou e estávamos confiantes. Só que de uns dias para cá meu marido teve uma parada cardíaca e de sábado para domingo passou a ter febre, não resistindo”, relatou a esposa.

Um médico que atendeu o pastor Derly disse à família que o novo coronavírus em si já até estava superado, mas havia as consequências da doença. O sepultamento do pastor ocorreu no mesmo dia de sua morte.

Até às 13h desta quarta-feira (15/07), o consórcio de veículos de imprensa formado pelo Grupo Globo, Estadão e Folha/UOL, anunciou o número de 1.939.167 pessoas infectadas em todos os estados e no DF, com 74.445 mortes em todas as regiões do país pela Covid-19.

Publicidade

Pregador Luo repreende evangélicos que defendem PM que pisou pescoço de negra

Márcio Poncio diz que filho Saulo está firme em Deus: ‘Mudança radical’