Priscilla Alcantara tem posição diferente do mundo gospel sobre LGBTs

A cantora gospel Priscilla Alcantara continua expandindo suas fronteiras na música. Após lançar o álbum “Gente”, que bateu recordes de execuções no streaming, ela agora está apostando em informar e educar a respeito do conceito que ela quis transmitir no projeto.

Cantora gospel Priscilla Alcantara fala sobre seu novo projeto "Gente". Foto: Febre Teen.
Cantora gospel Priscilla Alcantara fala sobre seu novo projeto “Gente”. Foto: Febre Teen.

Num editorial exclusivo para a Febre Teen, Priscilla Alcantara falou sobre a música gospel, e como ela tem usado o pop para pregar a palavra que ela acredita: “O gospel vem disso, independente do tema que eu falar, será baseado no cristianismo. O pop é o gênero que sonoramente me atrai. Eu fiz ‘Me Refez’ mais R&B, tem referência do Jazz e do Soul e é menos pop, porque vocalmente são as minhas maiores influências.”, afirmou.

Priscilla Alcantara também chamou a atenção, por falar com mansidão e sabedoria sobre o tema diversidade. Ao contrário de outros cantores e ministérios gospel, que possuem posturas mais distantes e raivosas, Priscilla prefere adotar um tom mais amoroso e humano sobre sua relação com os gays.

Arte visual do disco gospel "Gente", de Priscilla Alcantara. Divulgação.
Arte visual do disco gospel “Gente”, de Priscilla Alcantara. Divulgação.

“Antes de eu ser evangélica ou antes do fulano ser da comunidade LGBT, a gente é gente. E toda gente carece de amor, e eu acredito que o amor de Deus está disponível sobre toda a gente. Eu sei o quanto Deus é sedento por amar pessoas, são pessoas, e eu fico muito feliz de ter a oportunidade de pregar o amor de Deus para pessoas que muitas vezes foram excluídas desse amor.”, declarou a cantora gospel.

A artista evangélica entende que não é de sua alçada tentar convencer ninguém de que está errado, mas sim pregar que o amor de Deus está disponível a todos: “A compreensão de determinadas coisas não é um ser humano que vai trazer para o outro, isso é de Deus para o ser humano e é isso que eu espero que aconteça. A minha parte é plantar sementes e esperar que o espírito santo regue, então é assim que eu faço com todo mundo, não só com pessoas da comunidade LGBTs, mas com qualquer pessoa, eu tenho um público diversificado de várias religiões, é a minha função é falar o quanto Deus te ama. O que você vai fazer com isso? Eu não sei. Claro que a gente está disposta a cultivar essa semente, que eu ajudo as pessoas a plantarem. Então eu acho isso incrível que eu esteja conseguindo falar do amor de Deus para essas pessoas e que elas estão confiando receber de mim essa mensagem, isso é uma honra.”, revelou Priscilla.

Sobre sua ida ao Lollapalooza 2017, e que acabou sendo criticada por alguns evangélicos mais tradicionais, a cantora gospel disse que, se fosse hoje, evitaria expor tanto a situação, embora entenda que não tenha feito nada de mais. Priscilla Alcantara, no entanto, disse respeitar quem discorda de sua postura.

“[…] Independente do meio em que você estiver, você saiba daquilo que você acredita, e não pode vender isso, nem seja vulnerável em relação àquilo que você crê. A galera acabou interpretando de outra forma, mas tudo bem também, cada um tem sua linha de raciocínio.”, disse ela.

Tadeu Ribeiro
[email protected]